Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Serralves em Festa começa na Baixa da cidade com desfile e espetáculo
29-05-2018
Como vem sendo habitual nos últimos anos, o Serralves em Festa apresenta-se à cidade de véspera. Na quinta-feira, feriado de 31 de maio, dois momentos performativos trazem o evento à Baixa: um desfile pela Rua de Santa Catarina e um espetáculo de dança contemporânea no Largo de Santo Ildefonso. 

Serralves está quase em festa e a cidade também. O maior evento da cultura contemporânea em Portugal e um dos maiores da Europa está de regresso nos dias 1, 2 e 3 de junho, com centenas de atividades gratuitas que vão decorrer nos vários espaços da Fundação, ao longo de 50 horas consecutivas. Mas o aquecimento para a festa, que vai já para a sua 15.ª edição, começa na quinta-feira no centro do Porto.

Renovando a sua parceria com a Câmara do Porto, através da PortoLazer, o Serralves em Festa apresenta-se à cidade, na tarde de 31 de maio, com dois espetáculos que prometem surpreender e envolver o público.

Serão dois momentos performativos que cruzam a performance, a música e a dança e que acontecerão de forma consecutiva, a partir das 15 horas. O ponto de encontro será o centro comercial La Vie, onde está instalado o Mercado Temporário do Bolhão.

A partir daí, a festa vai dirigir-se, em modo de desfile, para a rua de Santa Catarina, percorrendo esta artéria até chegar ao largo da Igreja de Santo Ildefonso, na Praça Batalha, onde terminará com um espetáculo de dança contemporânea. Num caso e noutro, envolvendo a comunidade artística local.

UMA "PARADA MODERNE" PELA RUA DE SANTA CATARINA

Com início junto ao La Vie, pelas 15 horas, o primeiro momento será, por certo, o mais visual e festivo, já que foi projetado sobre o modo de um desfile de carnaval.

La Parade Moderne é uma performance deambulatória que junta 10 figuras livremente inspiradas em obras pintadas de grandes artistas da primeira metade do século XX: Magritte, Ernst, DeChirico, Léger, Munch, Arp, Braunere e Malévitch.
Nesta Parade Moderne, as figuras são transfiguradas em esculturas e transportadas num desfile que se assemelha a uma estranha história da arte, exibida ao ar livre.

O desfile vai percorrer a Rua de Santa Catarina até ao Largo de Santo Ildefonso, sendo acompanhado e animado pelo Ensemble de Metais da Academia Costa Cabral e o Balleteatro.



DANÇA CONTEMPORÂNEA NO LARGO DE SANTO ILDEFONSO

Findo o desfile, que terá a duração de cerca de 45 minutos, o público presente na Praça da Batalha terá oportunidade de assistir a uma peça coreografada por Mathilde Monnier, uma referência no panorama da dança contemporânea francesa e internacional.

Apresentada como uma peça jubilatória, Sursauts convida um grupo de 10 bailarinos a unir-se num impulso comum: o salto.
É proposto que os bailarinos permaneçam juntos para se apoiarem mutuamente neste esforço lúdico e ritmado. Durante a apresentação, o palco vai sendo ocupado progressivamente para depois se ir esvaziando, firmando-se num cerimonial novo e de absoluta comemoração.

A peça foi criada para assinalar os acontecimentos decorridos em França no verão de 2003, que alteraram e valoraram as artes performativas contemporâneas.

Pode consultar a programação completa do Serralves em Festa aqui.

Informa-se que devido ao Serralves em Festa na Baixa será necessário efetuar alguns condicionamentos de trânsito durante a hora em que decorre o desfile.