Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Serenata na Cordoaria e Seu Jorge no Queimódromo abrem a Queima das Fitas
05-05-2018
Começa neste fim-de-semana a Queima das Fitas do Porto 2018. Como é tradição, a grande festa da Academia portuense arranca com a Monumental Serenata e a Missa de Bênção, às 00,01 horas deste domingo, este ano no Largo do Amor de Perdição, na Cordoaria. À mesma hora, o brasileiro Seu Jorge começa a atuar no Queimódromo.

Devido à realização da Serenata, em que participam sempre milhares de estudantes, será necessário efetuar alguns condicionamentos de trânsito, que podem ser conhecidos aqui.

No Queimódromo, junto ao Parque da Cidade, compete a Seu Jorge abrir o programa de concertos. Amanhã, a partir das 22 horas, será a vez de Capitão Fausto e Diogo Piçarra.

O Cortejo Académico, que este ano tem início também na Cordoaria, em frente ao Palácio da Justiça, será o segundo grande momento da Queima na Baixa, realizando-se na próxima terça-feira.

Em resposta à grande festa dos estudantes, a Metro do Porto vai reforçar a operação, a partir de hoje, nas linhas Azul (A) e Amarela (D), que circularão durante a noite da Serenata e no dia do cortejo. 
A empresa avisa que logo à noite e na noite do cortejo (de terça para quarta-feira), as estações de Salgueiros, Faria Guimarães e Heroísmo serão encerradas "por questões de segurança".

"Nas restantes noites da Queima das Fitas, e como forma de assegurar a ligação entre a Baixa do Porto e o Queimódromo, estas duas linhas antecipam a sua entrada em funcionamento": a linha Azul está aberta a partir das 5,00 horas, na ligação Câmara de Matosinhos-Trindade, e a Amarela antecipa em 30 minutos a sua entrada em funcionamento.

A STCP, em articulação com a Federação Académica do Porto, vai também reforçar a operação durante a semana da Queima, disponibilizando um serviço vaivém gratuito entre a Trindade/Hospital de São João e o Queimódromo. O serviço contará este ano com mais autocarros e "segurança, com a PSP a prestar o apoio necessário".

Este ano a Queima das Fitas é um bom exemplo de adoção de boas práticas ambientais, fruto do trabalho conjunto de Câmara do Porto e FAP. A atribuição do Sê-lo Verde, pelo Ministério do Ambiente e do Fundo Ambiental,  vem confirmar este caminho de sustentabilidade.