Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Semana do combate à pobreza e à exclusão social
08-04-2019
Começa hoje a Semana da Interculturalidade, que tem por objetivo sensibilizar a sociedade e reforçar o combate à pobreza e à exclusão social. Inclui tertúlias, exposições, cinema, passeios e outras atividades.

Uma tertúlia na noite desta segunda-feira, 8 de abril, e um percurso de contornos culturais, na tarde de amanhã, são algumas das iniciativas a realizar no Porto, no âmbito do programa dinamizado a nível nacional pela EAPN Portugal - Rede Europeia Anti-Pobreza.

Assim, o Auditório da Quinta de Bonjóia recebe hoje, entre as 21,30 e as 23,30, a tertúlia "Diálogo interreligioso: uma visão da atualidade", que reúne Abdul Rehman Mangà, presidente do Centro Cultural Islâmico do Porto, ELlisabete Pinto da Costa, pró-Reitora da Universidade Lusófona do Porto, e Ivana Cardoso, artista de ascendência indiana e membro da Associação Hindu do Porto, sob moderação de André Rubim Rangel, jornalista e presidente da ADM - Associação para o Diálogo Multicultural.

A sessão é de entrada livre, mas sujeita à lotação do auditório e à inscrição prévia pelo email adm@ad-multicultural.pt.

Para amanhã, dia 9, a Câmara do Porto preparou o percurso "Os judeus no Porto", com início às 14,30 horas na Casa do Infante e também de participação gratuita (mas inscrição prévia pelo email casadoinfante@cm-porto.pt ou do telefone 222 060 400/423), sendo particularmente direcionado a estudantes do ensino secundário e da Universidade Sénior.

Depois de D. Manuel I ordenar a sua conversão/expulsão, muitos foram os judeus que, em segredo, mantiveram os seus rituais religiosos. O percurso, conduzido pelo técnico municipal Manuel Araújo, passará em locais marcantes desta comunidade para visitar aquela que foi a possível sinagoga secreta pós conversão.

A "Semana da Interculturalidade", que decorre até 14 de abril, visa sensibilizar todos os cidadãos para a importância da construção de uma sociedade mais justa, igualitária e intercultural.

A interculturalidade, cada vez mais presente na nossa sociedade, exige um conhecimento mais aprofundado das várias culturas que integra, pois é através do conhecimento de outras culturas e dos contactos que temos com essas culturas que nos enriquecemos enquanto cidadãos.

"Apostar na interculturalidade é acreditar que se pode aprender e enriquecer através do diálogo e da convivência com outras culturas", defende a EAPN, sublinhando que a Semana da Interculturalidade permite trabalhar e sensibilizar os cidadãos para a necessidade de uma sociedade intercultural que tenha presente os valores da solidariedade, da igualdade, do respeito pela diferença e pela diversidade, de forma a garantir uma cidadania mais inclusiva e mais igualitária.

Veja o programa com as iniciativas a realizar na cidade do Porto, no distrito e a nível nacional, AQUI.