Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

São João este ano é em casa mas com festa na rádio
18-06-2020

Com as celebrações de rua canceladas, este ano a festa de São João faz-se em casa. Para animar a noite entre quatro paredes, a Rádio Festival assegura uma emissão especial que se estenderá pela manhã, tarde e noite de 23 de junho, numa programação que reúne conhecidos nomes da música popular portuguesa.


Este ano, o São João vai festejar-se de forma diferente, sem música e bailaricos na rua, mas com uma emissão especial na rádio, de modo a que a festa possa a chegar a casa de todos os portuenses.


Promovida pela empresa municipal Ágora - Cultura e Desporto, em parceria com a Rádio Festival, a iniciativa é também um apelo a que todos celebrem a data em segurança e de forma prudente, com um programa alternativo e acessível desde casa.

Parceira habitual da Câmara do Porto na organização das Rusgas de São João, a Rádio Festival promete, assim, levar a festa a todos os lares, com uma emissão que começará logo a partir das 8 horas da manhã da próxima terça-feira, 23 de junho, e que se prolongará por mais de 18 horas.

Apostando sobretudo na música popular portuguesa, a emissão será pontuada por entrevistas recolhidas previamente e a participação de ouvintes em direto. Durante a tarde, o programa contará com a atuação de um grupo de fadistas do projeto "A Casa de Fado da Festival", que interpretará vários temas das marchas de São João. E à noite, o destaque vai para a atuação da banda musical Diapasão, num concerto que será transmitido em direto, a partir das 23 horas.

O programa poderá ser ouvido na antena da rádio, em 94.8, mas também na página de Facebook da Rádio Festival, que transmitirá a emissão via streaming.

Recorde-se que, este ano, a Câmara do Porto decidiu cancelar todas as festividades oficiais de São João, nomeadamente concertos, rusgas e o tradicional fogo de artifício que é lançado a partir da ponte Luiz I.

De forma a que os festejos na noite de São João não venham a comprometer os resultados muito positivos que a cidade e a região têm conseguido na luta contra a COVID-19, foi ainda decidido, em articulação com a Câmara de Vila Nova de Gaia, a PSP, a Polícia Municipal, a CP, Metro do Porto e STCP, o reforço das ações de fiscalização, patrulhamento e gestão da limpeza urbana, assim como a interdição da circulação automóvel e pedonal (exceto veículos de emergência) nos dois tabuleiros da ponte Luiz I, a partir das 20 horas.

Também os estabelecimentos de restauração e bebidas encerrarão a partir das 23 horas, enquanto os estabelecimentos de venda de bebidas para o exterior (nomeadamente cafés, pastelarias, lojas de conveniência e outros com atividade similar) deverão interromper a sua atividade a partir das 19 horas do dia 23 de junho.

Por sua vez, os serviços de transportes não terão qualquer operação especial na noite de São João. A Metro do Porto terminará a sua operação mais cedo, cerca de hora e meia antes relativamente a um dia normal de semana, enquanto a CP suprimirá o serviço entre as estações de Campanhã e São Bento. A STCP está, por seu turno, a ponderar a supressão da linha de madrugada nessa noite.