Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Ryanair escolhe o aeroporto do Porto como novo "hub" de ligação a 20 destinos
07-11-2017

A Ryanair anunciou hoje que o Aeroporto do Porto vai tornar-se, em 2018, a terceira infraestrutura a garantir a conexão de voos da companhia, depois dos aeroportos de Roma Fiumicino e Milão Bergamo, em Itália. Eficiência operacional, boa dimensão e excelente posição geográfica estão na base da decisão eleger o "Sá Carneiro" como novo "hub" da empresa.


Em conferência de imprensa na Web Summit, o responsável pelo departamento de Marketing da Ryanair, Kenny Jacobs, avançou que, já a partir de janeiro, o Porto garantirá conexões a 20 destinos. Tal significa que, apesar das escalas de voo, o passageiro faz uma única reserva e recebe a bagagem ao chegar ao destino final. Este processo não é comum nos voos "low cost", em que a regra é levantar bagagem mesmo nas escalas, abandonar a área de chegadas e entrar noutra zona para fazer o check-in das malas.


Questionado sobre a escolha do Porto para esta função, o responsável da companhia aérea irlandesa, citado pela Agência Lusa, indicou que o Aeroporto Francisco Sá Carneiro garante uma "operação muito eficiente, tem uma boa dimensão" e uma "posição geográfica que não podia ser melhor" para fazer a ligação, por exemplo, entre vários aeroportos europeus e os Açores.


A Web Summit - cimeira tecnológica de inovação e empreendedorismo - decorre até quinta-feira em Lisboa. O Porto está presente no evento de forma expressiva, com o intuito de promover a cidade e a região, bem como captar talentos. "Porto. For Talent"  é o nome da participação portuense, em espaço próprio dinamizado pela autarquia, via Invest Porto e ScaleUp Porto, com o UPTEC, a ANJE e a Porto Design Factory.