Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Rui Moreira já estabeleceu ligação entre Shenzhen e Hospital de São João para trazer ventiladores da China
14-03-2020

Presidente da Câmara do Porto anunciou ontem estar em contacto com as autoridades chinesas, através do Gabinete dos Assuntos de Hong Kong e Macau para trazer para o Porto ventiladores novos, produzidos em Shenzhen, que podem salvar vidas aos doentes de Covid-19. Hospital de São João já está na posse de todos os dados e especificações e em contacto com a fábrica chinesa. Câmara do Porto faz a ponte a oriente, onde está geminada com várias cidades.


Recentemente, Rui Moreira esteve em Macau e em Shenzhen, em visita oficial, aprofundando os laços com as autoridades locais e o mundo empresarial. O Porto está geminado com estas duas cidades chinesas, sendo que Shenzhen é a mais avançada cidade do Mundo em matéria de tecnologia.


Neste momento está já identificado o produtor que está disponível para enviar os ventiladores e outro material médico para o Hospital de São João, o que está a ser articulado com o Conselho de Administração daquela unidade de referência.


Só as ligações do Porto ao Mayor local (na imagem com Rui Moreira em Novembro passado em Shenzhen) tornam esta operação possível, assim como, e sobretudo, as excelentes relações com o Governo de Macau e com o Gabinete dos Assuntos de Hong Kong e Macau tornam esta operação possível. Shenzhen tem 12 milhões de habitantes e é considerada a mais avançada SmartCity do Mundo. Em Novembro, Rui Moreira participou na China Hi-Tech Fair, um dos mais importantes eventos tecnológicos em todo o planeta, que ali se realiza.


Ontem, durante a declaração que fez aos portuenses, Rui Moreira tinha já adiantado as suas diligências:


"Entrei também já em contato com os nossos parceiros na China, nomeadamente em Macau e Shenzhen, onde ainda recentemente estive e estabeleci contactos ao mais alto nível, nomeadamente com o Mayor de Shenzhen, a mais tecnológica cidade do Mundo.

A ideia é podermos importar de Shenzhen equipamentos essenciais para acudir aos infetados em situação aguda, como é o caso de ventiladores que são produzidos naquela cidade chinesa e com certificado europeu.", referiu.

"Só graças à extraordinária relação que temos com o Governo de Macau, com o seu representante em Portugal, o Senhor Doutor Alexis Tam, e ao facto do Porto estar geminado quer com Macau quer com Shenzhen é possível esta diligência estar a ser feita. Quero por isso deixar um agradecimento especial ao Senhor Doutor Alexis Tam, mas também ao Mayor de Shenzhen e ao Gabinete dos Assuntos de Hong Kong e Macau.", adianto ainda, concluindo que "toda esta operação está a ser articulada com a administração do Hospital de São João do Porto e com a ARS, a quem já manifestei total disponibilidade do Município para prestar, dentro das suas possibilidade, todo o apoio que lhe for possível".