Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Rui Moreira vai ao Jornal 2 da RTP2 para falar dos números hoje revelados acerca dos voos da TAP
03-02-2016

O presidente da Câmara é hoje convidado do Jornal 2, que vai para o ar às 21 horas na RTP2. Realizado nos estúdios do Porto da estação pública de televisão, o noticiário vai abordar os números hoje divulgados por este Portal de Notícias, que demonstram que os voos que a TAP quer suprimir no Porto realizaram-se quase sempre cheios em 2015.


A notícia foi esta manhã divulgada pela Câmara do Porto, apresentando números pormenorizados acerca das quatro rotas que a TAP pretende eliminar a partir de março (Milão, Roma, Bruxelas e Barcelona). Segundo os dados agora conhecidos, as taxas de ocupação estão todas próximas dos 90%, atingindo mesmo 95% como média anual, no caso de Milão.


Os mesmos dados demonstram também que a TAP poderá perder, no Porto, 190 mil clientes com esta decisão e que, sempre que colocou a operar aeronaves de maiores dimensões nestas quatro rotas, os voos continuaram cheios.


Rui Moreira foi o primeiro a denunciar que a TAP pretendia suprimir voos a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a 2 de dezembro, revelando ter informação de que estava em preparação a supressão de voos intercontinentais. Semanas depois, a transportadora anunciava o fim de quatro rotas de médio curso a partir do Porto, sem referir que passaria a fazer uma nova ligação Vigo - Lisboa, que, no entender do presidente da Câmara do Porto pretende drenar tráfego para o aeroporto da capital, diminuindo o "interland" do Aeroporto do Porto.


A 21 de janeiro, Rui Moreira anunciou que estava já a procurar alternativas noutras companhias aéreas para substituir a TAP nas ligações a suprimir e revelou ter tido, na véspera, reuniões fora de Portugal, nesse sentido. Contudo, avisou, que "se a TAP for pública e o Governo concretizar a reversão da privatização, então terá que ser a companhia de todo o país e não apenas de Lisboa".


O presidente da Câmara do Porto tem avisado a administração da TAP que se a companhia está a deixar a cidade, então a cidade vai deixar a TAP, aventando a possibilidade da utilização de outras companhias aéreas e de outros "hub", com Madrid ou Frankfurt, evitando a passagem dos passageiros do Norte de Portugal pelo Aeroporto de Lisboa.


Os números hoje divulgados no Portal de Notícias do Porto (www.porto.pt) vêm demonstrar que a decisão da companhia aérea nacional em suprimir as rotas para Roma, Milão, Bruxelas e Barcelona não é comercial, uma vez que existe interesse e tráfego, mas é puramente estratégica.


Logo à noite, no Jornal 2, a emitir a partir das 21 horas na RTP 2, Rui Moreira esclarecerá ainda melhor a sua posição, cumprindo o que segunda-feira prometeu à Assembleia Municipal: "não nos calaremos".