Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

O espetáculo antes do mundial de ralis
20-05-2016

Um utente de uma instituição de solidariedade social, um funcionário da Câmara do Porto, o presidente da autarquia, foram alguns dos "co-pilotos" de Fernando Peres.


O Porto fez um pequeno milagre, para o qual contribuíram muito o ACP e a FIA, ao montar, praticamente toda a classificativa, de quinta para sexta-feira, para que a cidade fosse o menos perturbada possível. Hoje, ao início da tarde, foi por isso fundamental testar o percurso. A Câmara do Porto aproveitou para passar a imagem da cidade e pediu ao antigo tricampeão nacional Fernando Peres para decorar o seu Mitsubishi e fazer-se à pista, com convidados ao seu lado.


E o presidente da Câmara também experimentou toda a adrenalina que é andar num carro de competição pelo traçado da Porto Street Stage. Rui Moreira mostrou-se satisfeito com a pista, ainda que "seja muito exigente", e, sobretudo, com a adesão e comportamento do público, que já enche por completo toda a Baixa da cidade.


Natalino Silva, 78 anos, reformado, e residente no lar de S. Lázaro, também experimentou. Trata-se de um utente de uma instituição de solidariedade da cidade, que tinha o sonho de sentir as emoções dos ralis. "Esta foi uma experiência única na minha vida", disse no final.


Idêntica sensação teve António Abel, funcionário da Câmara do Porto há 33 anos e que é encarregado dos motoristas da recolha de resíduos urbanos da cidade. Convidado por Fernando Peres e Rui Moreira, não teve dúvidas, no final; "Nunca me imaginei andar nestas velocidades, mas é, para mim, um sonho totalmente realizado".


Para quem não pôde ter a experiência real, houve também aplicações virtuais, jogos interativos e muita animação nas zonas destinadas ao público.


Depois dos "co-drive" com Fernando Peres, seguem-se as provas, primeiro, de Clássicos e, a partir das 19 horas, a competição a sério.