Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Rui Lage é o vencedor do Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2016
16-02-2017

O escritor portuense Rui Lage é o vencedor do Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2016, distinção atribuída pela sua obra "Estrada Nacional".

 

O livro é descrito como "uma viagem com partida e regresso pelo mundo rural, com o itinerário definido poema a poema, estrada a estrada", refere o comunicado que anuncia o prémio.

 

Com esta obra, editada em 2016 pela INCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda, o autor "encerra um ciclo dedicado ao mundo rural", acrescenta a fundação.

 

Natural do Porto, onde nasceu em 1975, Rui Lage publicou sete livros de poesia, publicados entre 2002 e 2016. É também autor de ensaios, crítica literária, ficção infantojuvenil, artigos académicos e de opinião.

 

Doutorado em Literaturas e Culturas Românicas, com especialidade em Literatura Portuguesa, Rui Lage trabalha atualmente no Parlamento Europeu.

 

O livro mais recente, lançado já em 2017, é um ensaio sobre a obra poética de Manuel António Pina.

 

Presidido por José Carlos Seabra Pereira, integraram o júri do Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2016 os escritores Mário Cláudio, Isabel Pires de Lima, Pedro Mexia e António Carlos Cortez.

 

Nos últimos anos, este prémio literário distinguiu autores e obras de "reconhecido valor", tais como Pedro Tamen (2007), José Tolentino Mendonça (2009), Gonçalo M. Tavares (2011) ou Mário de Carvalho (2013).

 

A cerimónia de entrega do Prémio, um troféu de prata e pedra da autoria do escultor José Cutileiro, está marcada para o dia 8 de abril, na Quinta das Lágrimas, em Coimbra.