Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Ricardo Ojeda Lara triunfou no Porto Open 2016
10-10-2016

Mesmo sem portugueses, a final masculina do Porto Open foi o culminar de uma grande e intensa semana de ténis nos courts do Clube de Ténis do Porto.


Derrotado na final do Porto Open 2013, o espanhol Ricardo Ojeda Lara, número 590.º da hierarquia mundial, sagrou-se este domingo vencedor do quadro masculino da 17.ª edição do Porto Open, depois de bater o francês Gianni Mina no derradeiro embate do segundo maior torneio de ténis do país, dotado de 25 mil dólares em prémios monetários.


Numa edição marcada pelo feliz regresso da competição no feminino, por pouco não foi uma atleta da casa a garantir o triunfo na final, que também decorreu este domingo no court central do Clube de Ténis do Porto. Iniciando a partida da melhor maneira, ganhando o primeiro set por 6-2, a portuguesa Inês Murta, n.º 2 nacional, acabaria, contudo, por ceder face a Nina Stadler, jovem suíça de apenas 20 anos, que garantiu no Porto o seu primeiro triunfo da carreira em torneios ITF. Apesar da derrota, Inês Murta foi uma das boas surpresas do torneio, sendo a terceira atleta nacional a conquistar o troféu de vice-campeã no Porto Open.


Na variante de pares, Frederico Gil voltou a inscrever o seu nome na história do torneio, dois anos depois da vitória na final masculina. Após um amargo afastamento na primeira ronda do quadro principal de singulares masculinos, o antigo número um nacional reclamou agora o troféu de campeão na variante de pares, onde fez equipa com outro antigo vencedor do Porto Open, o espanhol Marc Giner.


Finalmente, em pares femininos, Rita Vilaça e Francisca Jorge, recentemente sagradas campeãs nacionais absolutas nesta vertente, apenas cederam perante a antiga número um mundial de pares, Su-Wei Hsieh, que fez dupla com a sua irmã, Shu-Ying Hsieh, num encontro que terminou com os parciais finais de 6-3 e 6-4, a favor das jogadoras de Taipé Chinês.