Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Avenças de estacionamento mais baratas para moradores do Porto
13-01-2015

A Câmara Municipal do Porto aprovou hoje, por maioria (abstenção do vereador da CDU) a redução dos valores das avenças de estacionamento de moradores. A redução chega aos 53,9% nas zonas de intervenção prioritária (de 217 para 100 euros anuais no primeiro carro) e aos 75,6% (de 411 para 100 euros) no resto da cidade.


"A última alteração das normas que regulam a atribuição de avenças para residentes no município do Porto, efetuada em 2012, implicou um aumento substantivo das taxas para estacionamento de residentes", lê-se na proposta que  Rui Moreira levou à reunião de Câmara de hoje e que foi aprovada com os votos dos vereadores independentes, do PS e do PSD. Apenas o vereador da CDU se absteve, alegando que esta medida aumentará a procura por parte de moradores e alargará a mancha de estacionamento pago na cidade.



Segundo o documento, no "estacionamento de residentes em zonas de estacionamento de duração limitada", a primeira avença mensal passa a ser de 10 euros, a segunda de 20 euros e a terceira e seguintes de 30 euros. Quanto à avença anual, a primeira atinge os 100 euros, a segunda os 200 euros e a terceira e seguintes os 300 euros.



Na proposta aprovada lê-se ainda que "o estacionamento dos veículos automóveis é um dos principais problemas criado pelo aumento da utilização do automóvel" e que "este problema é particularmente crítico nas áreas urbanas devido ao espaço ser um recurso escasso, especialmente nos seus centros".



De acordo com Rui Moreira, "o estacionamento para residentes em Zonas de Estacionamento de Duração Limitada (ZEDL) constitui um instrumento diferenciador que urge salvaguardar enquanto mecanismo de apoio ao combate à desertificação das áreas urbanas".