Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Rede local de apoio aos sem-abrigo elege entidades para os vários eixos de ação
04-06-2018
O Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo (NPISA) elegeu vários representantes para coordenar os diversos eixos em que baseará a sua atuação. A Santa Casa da Misericórdia do Porto irá coordenar o Eixo da Habitação, o Núcleo Distrital EAPN Portugal fica com a coordenação do Eixo da Participação e Cidadania. Já para o Núcleo Executivo foram eleitos os Médicos do Mundo, a Associação dos Albergues Noturnos do Porto, a Norte Vida - Associação Promoção da Saúde e a Gás Porto - Grupo de Ação Social do Porto.

Estas deliberações ocorreram na 3.ª sessão plenária do NPISA realizada na semana passada, na Câmara do Porto e presidida pelo vereador da Habitação e Coesão Social, Fernando Paulo, também coordenador do NPISA Porto.

Os eleitos juntam-se ao Centro Distrital do Porto do Instituto de Segurança Social, que assume a coordenação do Eixo do Acompanhamento Social, ao IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional, coordenador do Eixo Emprego e Formação, à ARS-N- Administração Regional de Saúde do Norte, que coordena o Eixo da Saúde e à UDIPS - União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social, coordenadora do Eixo do Voluntariado.

A sessão contou com um número assinalável de instituições participantes, permitindo a partilha e recolha de contributos para a adoção de uma metodologia que subjazerá à elaboração do Plano de Ação do NPISA. Além disso, expressa o forte envolvimento na Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas Sem-Abrigo, até 2023, na cidade do Porto, pugnando para que, em união de esforços, se criem as respostas para uma vida condigna. 

O NPISA, constituído no âmbito da ENPISA - Estratégia Nacional para Integração das Pessoas Sem-Abrigo integra, atualmente, 54 instituições, entidades públicas de âmbito local e regional, e organizações sem fins lucrativos, sendo coordenado, desde fevereiro, pelo Município do Porto, após aprovação em CLASP - Conselho Local de Ação Social do Porto.

Recorde-se que, na última sexta-feira, 1 de junho, o Presidente da República fez uma visita de reconhecimento das respostas sociais à pessoa sem-abrigo na cidade do Porto.