Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Realidade e ficção dão o mote para debate que traz o poeta Manuel Vilas à Feira do Livro do Porto
11-09-2019

De que teias se escreve e legitima um romance que tem como protagonista o próprio escritor? A reflexão sobre esta questão é ponto de partida para o debate que junta Manuel Vilas, Nuno Costa Santos e João Gobern, às 19 horas desta quarta-feira, no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett (BMAG). Para hoje, há ainda outras propostas a considerar para os públicos infantil e juvenil, que integram a vasta programação da Feira do Livro do Porto.


O poeta Manuel Vilas, recebeu o aplauso unânime da crítica espanhola com o seu primeiro romance "Em Tudo Havia Beleza" e vem à Feira do Livro do Porto falar sobre o registo intimista da autobiografia.

Em torno d' "A Vida, Memória e a Ficção e Os Seus Caminhos Cruzados" faz-se então conversa a três, com João Gobern, moderador do encontro, e Nuno Costa Santos, escritor convidado para uma residência artística na cidade no âmbito do festival literário e que, na próxima sexta, estará de regresso para uma conversa com Nuno Artur Silva, programador desta edição.

Oficinas e atividades do serviço educativo

Pelas 14,30 horas desta quarta-feira, propõe-se uma oficina dirigida para jovens maiores de 13 anos. "Caderno Diário" vai dedicar-se à exploração dos diários gráficos, propondo aos participantes exercícios para praticar o desenho e a escrita. A inspiração, essa, será naturalmente os Jardins do Palácio de Cristal.

A atividade decorre na Sala Unicer e está limitada a dez participantes, sendo aconselhável inscrição prévia através do email bib.agarrett@cm-porto.pt.

Às 15 horas, apresenta-se na BMAG o teatro de marionetas "Se o que o Pedro Alecrim me contou", baseado na obra de António Mota, que celebra 40 anos de vida literária, apresentando ao público a história do Pedro Alecrim e Grilo Verde, dois grandes clássicos do autor.

A "Hora do Conto" dá lugar à oficina "Faz Tu Mesmo", a partir das 16 horas. Serão duas horas de oficinas de trabalhos manuais, orientadas pela equipa da Biblioteca, onde os pais podem tranquilamente deixar as crianças enquanto visitam a Feira do Livro. A iniciativa não requer inscrição prévia e realiza-se no terreiro da BMAG.

A decorrer até dia 22 de setembro, a Feira do Livro do Porto apresenta uma vasta programação cultural, educativa e de animação que toma como base as ideias e o pensamento do ensaísta Eduardo Lourenço, a personalidade homenageada nesta edição do evento, que reúne 130 pavilhões entre livrarias, editoras, alfarrabistas e distribuidoras.

Para continuar a par de todas as novidades diárias, siga a página oficial no Facebook e consulte o Jornal da Feira do Livro (na plataforma Issuu ou em ficheiro descarregável).