Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Quentes e boas em diferentes idiomas
19-11-2015

Ontem realizou-se mais uma edição do magusto internacional organizado pela Câmara do Porto, que reuniu cerca de 700 estudantes internacionais. Esta iniciativa teve como objetivo proporcionar momentos de convívio e intercâmbio cultural, entre os estudantes de todo o mundo que escolheram o Porto para estudar ou realizarem atividades de investigação ao abrigo dos diversos programas internacionais de mobilidade proporcionados pela Academia do Porto. 


Só no primeiro semestre deste ano letivo, chegaram 1195 estudantes oriundos de 71 países. Brasil, Espanha, Itália, Polónia e Alemanha são as nacionalidades mais representadas num grupo dominado pelos estudantes europeus, mas que conta também com estudantes provenientes de Trindade e Tobago, da República do Congo, do Nepal ou do Cambodja. Estes números ainda não contabilizam os estudantes de mobilidade que irão chegar ao Porto no segundo semestre deste ano letivo.


A juntar-se às castanhas assadas, a tarde de ontem ficou também marcada pela atuação musical do Grupo de Fados do IPP e do Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto (NEFUP).


Carlos Brito, Pró-Reitor da Universidade do Porto, salientou a importância de momentos como este para a "integração dos estudantes estrangeiros na cidade", que terão, posteriormente, um papel de "embaixadores da nossa cidade". Segundo Brito, atualmente, os estudantes estrangeiros correspondem já a 12% da população da Academia do Porto.


Esta iniciativa foi organizada pela Câmara do Porto, em parceria com a Universidade do Porto, o Instituto Politécnico, a UCP- Porto, a Erasmus Student Network Porto (ESN Porto) e a Federação Académica do Porto (FAP).