Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

QSP Summit já começou a debater o consumo
23-03-2017

O comportamento do consumidor começou hoje a ser debatido na Exponor, onde está a decorrer a QSP Summit, uma das mais importantes conferências de marketing da Europa. O painel de oradores convidados é dos mais relevantes do setor e agrega especialistas como Harper Reed, Li Huang, Thomas Ramsoy ou Paco Underhill, entre outros.




Rui Moreira, que ontem se encontrou com os oradores, no Porto, assistiu esta manhã ao arranque dos trabalhos. A conferência tem, pelo segundo ano consecutivo, o apoio da marca Porto.


Harper Reed é uma das estrelas deste ano. O homem que lançou a comunicação digital de Barack Obama é mestre em gestão de comunidades e em impulsionar a tecnologia para ir de encontro à necessidade das pessoas.


Para este guru das redes sociais, "a tecnologia só precisa de funcionar como uns patins em linha mais rápidos, ou um carro mais veloz, ou seja, precisa de nos impulsionar a ir mais além. Mas nós, como pessoas, temos de ser aqueles a chegar lá, não apenas a tecnologia."


Harper afirma que "quando estamos numa conferência como esta e vemos estas pessoas fantásticas, e amanhã veremos todas as pessoas que fizeram negócios, são empreendedores ou que trabalham em grandes empresas, posso subir ao palco e falar, mas o mais importante é ouvir, tenho oportunidade de aprender com todas estas pessoas que vêm de Portugal inteiro."


"Os países pequenos têm de competir com os países maiores e então acabam por fazer um trabalho fantástico. Quero ver como está Portugal a definir-se e a afirmar-se", concluiu Harper Reed.


Li Huang, que esta manhã foi falou aos cerca de 1.500 inscritos no certame sobre sarcasmo, é especialista em Comportamento Organizacional que, conforme descreve, "essencialmente é um campo que estuda o comportamento individual, de grupo, no contacto com as organizações, que pode ser uma organização com fins lucrativos ou uma organização sem fins lucrativos."


Em relação à emergência da criatividade, a Professora afirma que existem muitas causas e muitos precursores para a criatividade, sendo que, o ponto essencial é o de "perceber de que forma os nossos processos cognitivos nos permitem pensar de forma criativa, de forjar ideias novas e úteis."


"Vejo o sarcasmo como uma forma de contradição, entre aquilo que dizemos e aquilo que na realidade queremos dizer. O sarcasmo permite desencadear este tipo de pensamento abstrato, o que ajuda as pessoas a pensarem de forma mais criativa", concluiu Li Huang.


Outros dos principais oradores a subir hoje ao palco é Thomas Ramsoy, que começou por estudar Economia Empresarial, mas foi percebendo que várias áreas estão interligadas quando se trata de mapear a mente humana.


Para o Dr. Ramsoy "se tentarmos compreender o comportamento humano e o processo de tomada de decisão humano, o que se passa é que existe uma perspetiva económica nisso, uma perspetiva psicológica, uma componente de filosofia e uma componente de neurociência. Está tudo interligado, no que se refere a compreender a mente humana."


Para este especialista mundial em neurociência aplicada e neuromarketing, "o próximo grande passo no meu trabalho é tentar perceber a criatividade e a inovação. Estamos a ver de que forma podemos ajudar as pessoas a serem mais criativas ou a formarem equipas mais criativas. Trabalhamos de forma estreita com empresas de Silicon Valley mas também da Europa, para impulsionar e entender a criatividade. Aqui em Portugal somos parceiros da QSP Summit."


Mas a primeira grande conferência da manhã foi hoje proferida por Paco Underhill, que dedicou as últimas três décadas à pesquisa comportamental ligada aos hábitos de consumo.


Para Underhill, "uma das coisas que adoro sobre o meu trabalho é o fato de existirem as constâncias biológicas que têm sido as mesmas desde há séculos. Se pensarmos nisso, aquilo que tornava uma loja boa há 10 anos atrás, e o que torna uma loja boa hoje, são diferentes e isso é o resultado da evolução de nós."


Este especialista mundial, autor do bestseller "Why we buy", fará uma apresentação sobre a sua experiência em comportamentos de consumo e o mundo moderno.


A marca Porto. está representada também na área de exposição da QSP Summit, este ano através do Porto Innovation Hub.