Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

F1 em Motonáutica no Douro
29-06-2015

A praticamente um mês de fazer a sua estreia nas águas do rio Douro, o Campeonato do Mundo de F1 em Motonáutica cumpriu este fim de semana, em Évian, França, a sua segunda etapa do calendário.


Convidado pela Organização e seguindo uma tradição há muito instituída neste Campeonato, Rui Moreira assistiu à prova deste domingo e, no final, durante a cerimónia do pódio, recebeu do representante do Governo francês a bandeira da União Internacional de Motonáutica (UIM), entregando por sua vez a bandeira da cidade do Porto, numa simbólica passagem de testemunho que inicia a contagem decrescente para o Grande Prémio de Portugal, marcado para os dias 1 e 2 de agosto, numa organização conjunta das autarquias do Porto e Vila Nova de Gaia.


Após o arranque em Doha, no Qatar, no passado mês de março, o Mundial de F1 em Motonáutica cumpriu este fim de semana a sua estreia no continente europeu, marcando o regresso do Grande Prémio de França ao calendário desta espetacular disciplina após oito anos de ausência.


Disputada no fantástico cenário do Lago Leman, na província francesa de Rhône - Alpes, junto à fronteiriça com a Suíça, a prova ficou marcada por vários incidentes e muitas surpresas no final, já que a após desclassificação do primeiro classificado, por irregularidades técnicas detetadas no barco inscrito pelo Team Abu Dhabi, e a penalização imposta ao segundo classificado, na sequência de um toque numa boia, a vitória acabaria por sorrir a Youssef Al Rubayan, o piloto do Kuwait que alinha no F1 Atlantic Team de Duarte Benavente.


Infeliz nos treinos, devido a um problema elétrico que afetou o rendimento do seu barco, o único piloto português a competir neste Campeonato acabaria a corrida no 12º lugar. Em compensação, tem agora o seu colega de equipa no segundo lugar do Campeonato, a apenas 5 pontos do líder, o norte-americano Shaun Torrente.


Juntando este ano 18 equipas em representação de 12 nacionalidades, o Campeonato do Mundo de F1 em Motonáutica terá a sua próxima jornada em Portugal, nos dias 1 e 2 de agosto. Será a primeira vez que o rio Douro receberá esta competição, que promete juntar milhares de espetadores nas margens do Porto e Gaia.


Confirmando a enorme expetativa que esta prova está a gerar junto da Organização e das várias equipas que disputam este Campeonato, estão já reservados mais de 900 quartos em unidades hoteleiras das duas cidades.