Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Proteção Civil do Porto emite aviso à população sobre a vaga de frio
05-02-2018

O Departamento Municipal de Proteção Civil divulgou hoje um aviso à população recomendando a tomada de medidas de prevenção e precaução, perante as condições meteorológicas de frio intenso expectáveis para os próximos dias.


A Proteção Civil aconselha o uso de várias camadas de roupa, em vez de uma única peça de tecido grosso. Em casos de suspeita de sinais de hipotermia, o aviso refere ainda que se deve ligar imediatamente para o 112.
Em contrapardida, desaconselha a prática de "atividades físicas intensas, que obrigam o coração a um maior esforço". 

O comunicado alerta ainda para as condições de aquecimento do interior das habitações. Assim, assinala-se que "o consumo excessivo de eletricidade pode sobrecarregar a rede originando falhas locais de energia", pelo que é sugerido desligar os aparelhos elétricos que não sejam necessários. Há também que verificar se a ventilação é a adequada quando se utilizam lareiras ou braseiras, não sendo de todo recomendada a sua utilização em locais fechados, por haver perigo de morte por inalação de monóxido de carbono; os aquecedores devem, também, estar afastados de cortinados, tecidos ou mobílias, sendo que, se se ausentar da habitação, nunca deve deixar os aparelhos de aquecimento ligados.  

No que toca às condições do mar, a Proteção Cicil pede à população para tomar em especial atenção "as informações do Instituto Português do mar e da Atmosfera e as indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança" e, simultaneamente, para respeitar "os perímetros de segurança estabelecidos para peões, bem como eventuais cortes de trânsito, junto da orla costeira".

Adicionalmente, aconselham-se os cidadãos à interrupção de "atividades relacionadas com o mar ou nas zonas costeiras", nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos, passeios à beira-mar, deixando-se ainda como advertência o não estacionamento de veículos junto à orla marítima.

Consulte aqui o aviso da Proteção Civil na íntegra.