Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Projetos municipais foram distinguidos em cimeira sobre o envelhecimento
28-03-2018
Dois projetos municipais de cariz social direcionados para o envelhecimento ativo, o Programa Aconchego e o projeto Porto Amigo, foram distinguidos como Boas Práticas no âmbito da iniciativa smart to-do, na Ageing Summit 2018.

A smart to-do tem como objetivos a "identificação, divulgação e promoção de práticas inovadoras que promovam a qualidade de vida no envelhecimento na Região Norte de Portugal" e esteve inserida no evento Ageing Summit 2018, que teve lugar a 16 de março, no Auditório da Fundação de Serralves. 

Organizado pela Misericórdia do Porto em colaboração com o Consórcio Porto4Ageing e a Universidade do Porto, o evento envolveu especialistas europeus e decisores políticos das diferentes áreas relacionadas com o processo de envelhecimento demográfico.


Programa Aconchego e o Projeto Porto Amigo

O Programa Aconchego, implementado pela Câmara do Porto em parceria com a Federação Académica do Porto e que tem como lema "Quem estuda tem casa. Quem tem casa tem companhia", aposta nas relações de proximidade entre estudantes universitários e seniores que vivem no concelho do Porto. O objetivo principal é contribuir para a diminuição do sentimento de solidão que alguns idosos têm, promovendo o seu bem-estar e o envelhecimento ativo. Ajuda também os estudantes universitários e suas famílias a reduzir as despesas de alojamento.

A iniciativa já mereceu três distinções enquanto projeto de inovação social. Em 2010, recebeu o prémio "This is European Social Innovation" atribuído pela Comissão Europeia. Em 2012, foi reconhecido como um projeto de intervenção social de excelência, no âmbito da homenagem realizada pelo Projeto "Sorrir na Educação", da Clínica da Educação, pelos critérios de "pertinência social, originalidade do projeto, resultados obtidos e resposta de ação local". E, em 2015, foi reconhecido como um Projeto de Elevado Potencial de Empreendedorismo Social, distinção obtida no âmbito do Projeto MIES - Mapa de Inovação de Empreendedorismo Social em Portugal.

O Porto Amigo, "Casa adaptada, vida melhorada", também agora distinguido como um projeto de Boas Práticas na área do envelhecimento com qualidade, tem como objetivo a realização de obras de adaptação em habitações de pessoas em situação de comprovada carência económica que vivam no concelho do Porto, e em residências de moradores do Porto que integrem no seu agregado familiar cidadãos com grau de incapacidade igual ou superior a 60%.
Este projeto é desenvolvido pela autarquia em parceria com a Fundação Manuel António da Mota, a G.A.S.Porto e a Associação Just a Change.