Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Projeto SIA destacado
04-08-2015

A Câmara do Porto associou-se à realização da "14th International Conference on Mobility and Transport for Elderly and Disabled Persons" (TRANSED 2015), organizada pelo Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, nas instalações da Fundação Calouste Gulbenkian.


Trata-se de uma Conferência Internacional que se realiza bianualmente e que reúne investigadores e organizações de vários países. O intuito, este ano, passa por associar o Porto ao evento, para que a próxima edição desta iniciativa se realize na cidade. Neste sentido, a Câmara do Porto fez o encerramento da conferência em conjunto com o Secretário de Estado dos Transportes, convidando o Comité Científico a realizar uma visita técnica ao Porto.


Para além da participação no evento, em nome da Câmara do Porto, a Provedoria Municipal do Cidadãos com Deficiência candidatou-se ao Prémio Internacional Svayam Accessibility Awards 2015, o Projeto SIA (Sistemas de Itinerários Acessíveis) do Município do Porto, tendo o mesmo merecido um destacado 1º lugar.  


Para receber este prémio, em representação do Presidente da Câmara do Porto, esteve presente a Provedora Municipal dos Cidadãos com Deficiência, Arquiteta Lia Ferreira.


O SIA nasceu no âmbito da Elaboração do Plano de Promoção de Acessibilidade para Todos da cidade do Porto. Trata-se de uma aplicação de consulta origem/destino baseada num diagnóstico de acessibilidade às ruas, espaços e equipamentos públicos da cidade do Porto, apoiada nos itinerários dos transportes públicos.


Este prémio veio reconhecer o trabalho desenvolvido no âmbito da acessibilidade na cidade do Porto e incentivar a que se faça sempre mais e melhor por todos os cidadãos.


O objetivo da  Provedoria Municipal dos Cidadãos com Deficiência é a garantia da plena cidadania. "Uma cidade para todos é uma capaz de acolher o cidadão, tornando mais apelativa, segura e confortável. Só assim poderemos falar em Democracia Urbana, porque todos têm o direito à Cidade."