Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Projeto Educativo Municipal conta com 60 parceiros da cidade
07-12-2016
O Município do Porto convocou os diferentes atores sociais da cidade para um encontro que marca mais uma etapa do Projeto Educativo Municipal que agrega, atualmente, cerca de sessenta parceiros.

Uma rede interinstitucional que pretende estabelecer medidas que garantam uma educação de qualidade. Daqui, é estabelecido um plano de ação mediante três áreas específicas de intervenção, a saber, qualidade dos Sistemas de educação e de formação do Porto, cidadania e desenvolvimento pessoal e social e, por último, funcionamento da rede interinstitucional PEM Porto.

É neste desiderato que as entidades estão envolvidas neste projeto, em consecutivo crescimento e com abertura à integração de novos parceiros. "É nesta ação concertada que se faz mais e melhor", defendeu o Presidente da Câmara do Porto, no encontro de hoje, no Palácio do Freixo.


  


Rui Moreira classificou a educação como o "alicerce invisível" que sustenta uma sociedade coesa e uma escola construtiva, pensante, questionadora, interventiva. O autarca vai mais longe e admite que a autarquia tem que assumir um papel mediador neste projeto educativo, com uma centralidade equivalente às demais funções tradicionais.

A jornada "Um compromisso com a Cidade" moderada pela vice-presidente da autarquia, Guilhermina Rego, serviu também para refletir, juntamente com as restantes forças vivas da cidade, sobre os desafios atuais e futuros da educação, tal como, a sua posição na sociedade. Entre eles, a inclusão universal, visto como o principal por Álvaro Laborinho Lúcio, Juiz Conselheiro. 

O Projeto Educativo Municipal do Porto foi criado em 2012 e tem como visão alavancar o nível de participação e capacitação dos cidadãos e organizações, através da sua mobilização para a intervenção na prossecução de um projeto educativo coletivo e culturalmente responsável.