Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Programa Shuttle abre novo concurso a 1 de janeiro
23-12-2019
Abre já no dia 1 de janeiro o concurso para o ano 2020 do programa municipal Shuttle que visa estimular a internacionalização da prática artística contemporânea do Porto.

O novo concurso, aprovado por unanimidade na reunião de hoje da Câmara do Porto, vai funcionar em permanência até novembro de 2020, sujeito à atribuição de apoios ao longo do ano, e tem como finalidade financiar despesas logísticas e de produção conexas à promoção internacional de projetos de artistas, autores e agentes culturais, criados ou desenvolvidos por entidades sediadas no Porto. Contempla quatro modalidades: artes visuais e curadoria; artes performativas; performance e composição musical; tradução e criação literária e ensaística.

Os projetos devem prever a sua realização até 31 de março de 2021, na cidade do Porto ou a nível internacional, e as candidaturas deverão ser submetidas através do endereço de correio eletrónico plaka@cm-porto.pt. O regulamento do programa e requisitos para a candidatura estão disponíveis na página da plataforma Pláka.

O orçamento total do concurso para a atribuição de bolsas de apoio ao longo deste ano é superior ao dos anos anteriores - 50 mil euros - e cada bolsa terá um valor compreendido entre os 1.500 e os 7.500 euros. De dois em dois meses, na última semana de cada mês ímpar, o júri do Shuttle analisará todas as candidaturas submetidas durante esse período e deliberará a atribuição de apoios. A primeira fase de candidaturas vai decorrer entre 1 e 24 de janeiro.

O júri desta nova edição é composto por Miguel Leal, artista plástico e docente na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto; Fátima São Simão, diretora de Desenvolvimento da UPTEC e coordenadora da Creative Commons Portugal; e Pedro Junqueira Maia, compositor e professor de Análise Musical no Departamento de Música do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho.

O programa Shuttle integra a plataforma Pláka, composta por um grupo de projetos que consubstanciam a política municipal de apoio à prática artística contemporânea no Porto: Aquisições, Colectivos Pláka, Anuário, Criatório, Shuttle e InResidence.

Entretanto, também o programa de apoio à criação artística Criatório, cuja nova edição foi aprovada no passado dia 9, tem a decorrer o respetivo período de candidatura. A quarta edição contempla 15 bolsas para projetos de criação e, pela primeira vez, 10 bolsas para espaços de programação. O prazo termina já a 27 de janeiro próximo.