Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Programa de testes é alargado a pessoas em situação sem-abrigo e pessoas com deficiência
06-04-2020

O alargamento do atual programa de rastreios já em curso nos lares da cidade foi hoje anunciado, em reunião de Executivo Municipal, pelo vereador da Habitação e Coesão Social, Fernando Paulo, que adiantou que esta iniciativa irá ser estendida a todos os albergues e centros de acolhimento de pessoas em situação sem-abrigo, bem como a lares residenciais que acolhem pessoas com deficiência.


Esta iniciativa, desenvolvida em colaboração com os hospitais e centros de saúde da cidade, irá abranger também os funcionários destas instituições, tal como no caso do programa de rastreios dos lares da cidade.

Recorde-se que o Município do Porto é, atualmente, o único município que avançou com um programa de testes realizados em todos os lares da cidade e que permitiu que, até ao momento, fossem testadas quase 1400 pessoas, de 21 instituições.

O programa foi lançado pela Câmara, com o apoio dos hospitais e dos centros de saúde, e apenas tornou-se possível graças aos 5 mil testes doados pela Fosun e Gestifute ao Município.

Rui Moreira anunciou-o e explicou-o no dia 26 de março, através de uma mensagem por vídeo.