Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Primeiro fim de semana do Cultura em Expansão levou o cinema a Campanhã
07-09-2020

O regresso do programa municipal Cultura em Expansão foi assinalado com três espetáculos ao ar livre. A programação vai desenrolar-se até ao mês de Dezembro.


O público correspondeu e, no fim de semana inaugural do Cultura em Expansão, as sessões estiveram bem preenchidas, sempre no respeito pelas regras de acesso definidas pela organização. Houve três espetáculos ao ar livre, distribuídos pela Quinta do Covelo, Pasteleira e Campanhã.

No domingo, a primeira de três sessões de cinema ao ar livre "Campanhã é a minha casa", pensadas com o objetivo aproximar a freguesia - que nunca teve uma sala de cinema, nem foi "território-cenário" num filme emblemático da história do Cinema Português - à sétima arte, e imaginar como seria um filme passado neste local, contou com muito interesse.

Os moradores do Bairro São Vicente de Paulo, em Campanhã, fizeram do espaço a sua "casa", ocupando os sofás e cadeiras disponíveis, como se de uma sala de estar se tratasse, para assistir à sessão dupla. Foram exibidos os filmes "O Ofício da Ilusão", curta-metragem da realizadora Cláudia Varejão, construída a partir dos arquivos de filme da família Resende, e "Por Favor Rebobine", de Michel Gondry.

Na sexta-feira e no sábado, o Teatro da Palmilha Dentada apresentou "Os Sete Pecados Mortais", a sua mais recente criação, que resulta de uma colaboração com o Teatro Independente de Paranhos.

Próximas propostas

O Cultura em Expansão prossegue no próximo fim de semana, com a apresentação, na sexta-feira, dia 11 de setembro, do projeto COZINHA(S), de Catarina Barros e do Teatro Experimental do Porto, numa sessão conjunta com "Variações a Partir de um Coração", do Quarteto Contratempus. O espetáculo decorre às 20,30 horas na Associação da Pasteleira - Torres Vermelhas.

Para domingo, dia 13, está reservado o concerto de Sopa de Pedra, um coletivo vocal feminino dedicado ao canto a capella de canções de raiz tradicional, nascido no Porto pelas mãos de um grupo de jovens com diferentes origens. O palco será o Parque de S. Roque, às 17 horas.

A lotação será limitada e é obrigatório o levantamento de bilhete gratuito (máximo de dois bilhetes por pessoa) no local de cada espetáculo, a partir de duas horas antes do seu início.

A programação completa do Cultura em Expansão 2020, assim como todas as novas regras de acesso, pode ser consultada AQUI e acompanhada na página oficial no Facebook.