Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Presidente da República apela ao voluntariado em homenagem a Amigos do Hospital de Santo António
08-05-2017

O Presidente da República apelou hoje, no Porto, ao crescimento e à renovação do voluntariado em termos nacionais. "Temos de aumentar o número de voluntários no país" - sublinhou Marcelo Rebelo de Sousa, indicando como exemplo a Liga dos Amigos do Hospital de Santo António (LAHSA). "Eu reconheço na vossa energia, juventude e entusiasmo, no vosso empenhamento, aquilo que faz um grande voluntário" - disse, dirigindo-se a este corpo de voluntários do Centro Hospitalar do Porto.


O chefe de Estado falava em sessão de homenagem a 58 elementos da Liga, realizada precisamente no Dia do Voluntariado. "Esta cerimónia é uma forma de demonstrar quem dá vida a uma grande instituição e apelar a que outros venham a seguir o seu exemplo, aqui no Porto e por todo o país", reforçou.




Para Paulo Barbosa, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Porto, os voluntários da Liga já "ganharam o estatuto de verdadeiros colegas dos profissionais de saúde desta instituição. Hoje, ninguém conseguiria imaginar os corredores e serviços do Hospital sem a sua presença. São os vossos pequenos gestos diários que fazem a diferença, minimizando os momentos de angústia, atenuando a solidão, dando conforto e, muitas vezes, sendo a família ausente".


Também Manuel Campos, presidente da direção da LAHSA, realçou "o extraordinário trabalho dos voluntários que, de coração aberto, se entregam diariamente para tornar mais suave o sofrimento que a doença impõe".


Esta cerimónia integrou o programa comemorativo dos 40 anos da Liga e a Semana do Hospital, que encerra nesta terça-feira com um concerto solidário na Faculdade de Engenharia da U.Porto. Em quatro décadas muito mudou neste corpo de voluntariado, "mas o espírito mantém-se o mesmo. Queremos continuar a ajudar, a estar, a apoiar e a dar", frisou ainda Manuel Campos.


Presentemente, a Liga dos Amigos do Hospital de Santo António conta com perto de 290 voluntários. Ontem foram acolhidos novos membros e reconhecidos "veteranos" desta causa maior, dois deles com mais de 30 anos de voluntariado.