Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Presidente da Câmara do Porto inaugura esta tarde a Estátua Dr. Albino Aroso
27-11-2017
Em junho de 2016, a Câmara do Porto atribuía a uma rua nova na zona da Pasteleira o nome Dr. Albino Aroso. Hoje, nesta artéria, completa-se a homenagem ao médico e humanista com a inauguração de uma estátua em bronze, concebida por Rogério Azevedo. A obra é descerrada às 16,45 horas pelo presidente da autarquia, Rui Moreira.

Figura incontornável da Saúde em Portugal, Albino Aroso faleceu no Porto em 2013. Tinha 90 anos e era já conhecido como o "pai do planeamento familiar" no país. Secretário de Estado por duas vezes, a ele se deve a produção da principal legislação que contribuiu para reduzir drasticamente os índices de mortalidade materno-infantil: graças à sua intervenção, em poucos anos Portugal passou das piores para uma das melhores taxas mundiais a este nível.

Licenciado pela Faculdade de Medicina do Porto, Albino Aroso começou a trabalhar no Hospital de Santo António. Em 1967, foi um dos fundadores da Associação Portuguesa para o Planeamento Familiar. Sensível aos problemas mais sérios da população e dotado de um sentido pragmático, pautou sempre a sua atividade pela obtenção de resultados eficazes. Foi essa a sua postura em todos os cargos que desempenhou, razão por que, em 2006, a Câmara do Porto lhe atribuía a Medalha de Honra da Cidade.

É esta personalidade ímpar, a quem muito deve o país, que o Porto não esquece. Aberta em 2015, a Rua Dr. Albino Aroso estabelece a ligação entre as ruas D. João de Mascarenhas e de Bartolomeu Velho. A partir desta tarde, fica também a homenagem esculpida em bronze.