Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Prémio Porto Jovem reconhece três projetos inovadores e solidários
14-06-2017

Os vencedores e líderes de três associações receberam ontem, nos Paços do Concelho, o Prémio Porto Jovem. A iniciativa pretende reconhecer projetos de caráter inovador, solidário e empreendedor no âmbito do associativismo jovem, com impacto na cidade, estimulando os jovens a uma participação mais ativa na sociedade civil.

 

Em cerimónia presidida pela vice-presidente da Câmara portuense, Guilhermina Rego, foi entregue o primeiro prémio, no valor de 1.250 euros, à Associação Juvenil Transformers, pelo Movimento Transformers. Este projeto tem por missão "aumentar o envolvimento das pessoas nas suas comunidades através daquilo que mais gostam de fazer". Presente em cinco países, e brevemente alargada a mais 15, o projeto já mobilizou "cerca de cinco mil aprendizes e 200 mentores voluntários", explicou a presidente da associação, Joana Moreira.

 

O segundo Prémio, de 750 euros, foi atribuído à web-série "Já Melhorou", da Associação Tudo Vai Melhorar, que consiste na partilha de histórias de pessoas com notoriedade pública ou assumidamente lésbicas, gays, bissexuais, transexuais ou intersexuais (LGBTI), com mensagens inspiradoras e de esperança. A série conta com "mais de 100 mil visualizações nas redes sociais", referem os responsáveis, Diogo Silva e Tiago Castro.

 

O terceiro prémio, no valor de 500 euros, reconheceu o projeto NutriMe, da Associação Nacional de Estudantes de Nutrição, que promove a saúde através da melhoria de comportamento e hábitos alimentares nas escolas.

 

Promovido pelo Município em parceria com a Águas do Porto, este Prémio tem "permitido conhecer líderes de uma geração bem preparada, imbuída de uma extraordinária generosidade, cujas palavras, ideias e projetos são profundamente transformadores", vincou a vice-presidente da Câmara, que classificou este trabalho como "ímpar" numa sociedade que se quer "mais esclarecida, igualitária, coesa e inclusiva."

 

Estiveram presentes na cerimónia o presidente da Águas do Porto, Frederico Fernandes, e o diretor regional do Instituto Português da Juventude, Vítor Baltazar Dias. A Tuna de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) brindou o público com a sua musicalidade.