Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Preço médio da habitação no Porto é quase metade da média praticada em Lisboa
07-05-2019
Os preços da habitação no Porto estão acima da média nacional, mas abaixo de muitas outras cidades e são cerca de metade dos praticados em Lisboa. Rui Moreira anunciou hoje um ciclo de debates sobre habitação no Porto, numa altura em que, segundo o INE, a cidade já ganha habitantes, pela primeira vez em 40 anos.

Segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a cidade do Porto está muito longe dos preços praticados na capital, onde são, em média, cerca do dobro. Na Invicta nem sequer é no centro da cidade que os valores são mais elevados. O Porto, onde em média o metro quadrado custa 1.612 euros/m2) aparece, ainda assim, atrás de Cascais (2.333 Euro/m2), Oeiras (2.000 Euro/m2), Loulé (1.948 Euro/m2), Lagos (1.787 Euro/m2), Albufeira (1.709 Euro/m2) ou Tavira (1.686 Euro/m2), entre outras cidades.

O preço mediano de venda de habitação em Portugal está, de resto, a aumentar de uma forma generalizada e situava-se nos 996 euros por metro quadrado no quarto trimestre de 2018, o que incluiu concelhos rurais.

De acordo com as estatísticas de preços da habitação ao nível local, no quarto trimestre de 2018 (últimos 12 meses), "o preço mediano de alojamentos familiares em Portugal foi 996 euros por metro quadrado (Euro/m2), registando um aumento de +1,2% relativamente ao trimestre anterior e +6,9% relativamente ao trimestre homólogo".

No período em análise, 42 municípios portugueses, localizados maioritariamente no Algarve (1.523 Euro/m2) e na Área Metropolitana de Lisboa (1.333 Euro/m2) - as duas sub-regiões com preços mais elevados do país - apresentaram um preço mediano de venda de habitação superior ao valor nacional.

"Lisboa (3.010 Euro/m2) registou o preço mediano de vendas de habitação mais elevado do país e com valores acima de 1.500 Euro/m2 destacaram-se ainda Cascais (2.333 Euro/m2), Oeiras (2.000 Euro/m2), Loulé (1.948 Euro/m2), Lagos (1.787 Euro/m2), Albufeira (1.709 Euro/m2), Tavira (1.686 Euro/m2), Porto (1.612 Euro/m2), Lagoa (1.538 Euro/m2), Funchal (1.534 Euro/m2) e Odivelas (1.523 Euro/m2)", apurou o INE, no âmbito das estatísticas de preços da habitação ao nível local.

Os dados estatísticos do quarto trimestre de 2018 indicam ainda que o valor mais elevado no Porto se situa na Foz e Aldoar, com 2.289 Euro/m2", mas em Lisboa, das 24 freguesias existentes na capital, três registaram preços superiores a 4.000 Euro/m2, designadamente Santo António, Santa Maria Maior e Misericórdia, avançou o INE.