Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Portuense sagrou-se campeão do Pirelli World Challenge de 2016
10-10-2016

Álvaro Parente sagrou-se, ontem, campeão do Pirelli World Challenge 2016, considerado o Campeonato Americano de Carros de Gran Turismo. O segundo lugar em Laguna Seca foi suficiente para o piloto da McLaren garantir o título, naquela que é a sua temporada de estreia.


O piloto oficial da McLaren GT, natural do Porto, teve uma qualificação difícil e partiu no sexto posto da grelha. Antes da prova, a organização tinha-lhe retirado sete pontos que, alegadamente, lhe teriam sido erradamente atribuídos numa corrida realizada em maio.


Com esta decisão, o piloto teria, forçosamente, de terminar à frente de Patrick Long, o seu rival. Na última volta para garantir a vitória no campeonato, Patrick Long atacou o líder da prova Johnny O'Connell. Os dois tocaram-se e Long caiu para o quinto lugar. Parente aproveitou para avançar para o segundo lugar, que lhe garantiu o título.


Em declarações ao portal SportMotores, Álvaro Parente fala de "um dia louco" que começou com a "controvérsia dos pontos". "A pressão era muita este fim-de-semana, mas tentei manter-me calmo. Realizei um bom arranque, o que foi fundamental. Foi um dos meus melhores arranques do ano. Mas depois não tinha ritmo para acompanhar os dois da frente. Tentei uma ou duas vezes ultrapassar o Patrick Long, mas o andamento dele era muito forte. Acabei por aproveitar a situação da última volta, que foi um pouco louca, e ascendi a segundo. Foi louca a forma como o conseguimos no último momento, mas conseguimo-lo", afirmou entusiasmado Álvaro Parente.


O piloto da McLaren GT já tinha obtido cinco vitórias, num campeonato em que desconhecia todos os circuitos, exceto, precisamente o traçado de Laguna Seca, na Califórnia, onde se sagrou campeão.