Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto/Post/Doc 2018 faz retrospetiva de António Reis e Margarida Cordeiro
05-11-2018
Uma retrospetiva integral dos filmes de António Reis e de Margarida Cordeiro dão um forte contributo para o reforço da presença portuguesa no festival Porto/Post/Doc, que decorre entre 24 de novembro e 2 de dezembro.

A competição internacional, apontada pela organização como "o ponto alto do festival", tem a concurso 14 filmes, sendo dois deles portugueses: "Sobre tudo e sobre nada", um documentário de Dídio Pestana, e "Hálito azul", de Rodrigo Areias.

Além disso, durante os nove dias de duração, o festival vai apresentar 130 filmes, dos quais quase meia centena são portugueses. No total, "revelarão mais do mundo", apresentando desde a "propaganda na Rússia, a etnografia na costa do Peru ou em Trás-os-Montes [apresentando precisamente uma versão restaurada e digitalizada de "Trás-os-Montes"], o conflito armado em Donbass [na Ucrânia], a transexualidade no Brasil e a prostituição no Japão", numa viagem que celebra também o "segundo ano do nascimento de uma nova nação: o Kosovo", avançou o diretor do Porto/Post/Doc, Dario Oliveira, citado pela Lusa.

"Quando pensámos este festival, e temos um projeto que honramos a cada edição, pensámos em pessoas que entendem o cinema para além de um divertimento. Ele está cá, o próprio filme de abertura é puro divertimento, mas é uma história real sobre a condição humana, e o cinema é isso mesmo, é uma forma de expressão artística popular", salientou.

Simultaneamente poética e política, realista e lírica, etnográfica e expressiva, a obra de António Reis e Margarida Cordeiro tem um lugar absolutamente singular na história do cinema português, levantando várias problemáticas como a temporalidade, a memória coletiva, a paisagem e o território. No festival, serão exibidos: "Jaime" (1974), "Trás-os-Montes" (1976), "Ana" (1985) e "Rosa de Areia" (1989), num programa que reafirma a importância do seu trabalho no contexto de um país entregue à ditadura e questiona a forma como o seu trabalho viria a influenciar aquilo que é, hoje, o cinema português.

Dedicado ao tema Ficções do Real, o seminário Fórum do Real incluirá ainda um painel de conversas exclusivamente dedicado à obra da dupla de cineastas - "Rever Reis e Cordeiro" - que, integrando figuras ligadas ao cinema, academia e jornalismo, revisita o trabalho dos realizadores.

A 5.ª edição do Porto/Post/Doc - Film & Media Festival vai decorrer no Teatro Municipal do Porto - Rivoli, Cinema Passos Manuel, Cinema Trindade, Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Maus Hábitos e Universidade Católica Portuguesa - Porto. Saiba mais aqui.