Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto recorda Mário Soares em exposição fotográfica
20-01-2019
Chegou ao Porto a exposição "A cerimónia do adeus - O funeral de Estado de Mário Soares visto pelos fotógrafos", que reúne 49 fotografias do primeiro Funeral de Estado realizado em Portugal após o derrube da ditadura.

A inauguração levou ao MMIPO - Museu e Igreja da Misericórdia do Porto diversas personalidades, no final do dia da passada sexta-feira, que se associaram assim ao momento que assinala também o segundo aniversário da morte do antigo Primeiro Ministro e Presidente da República.

Aliás, as qualidades políticas e a importância de Mário Soares na luta pela democracia, pela liberdade e pela tolerância foram recordadas pelos intervenientes, desde logo o provedor da Santa Casa da Misericórdia do Porto, António Tavares, numa cerimónia em que também os filhos do ex-Chefe de Estado, Isabel Soares e João Soares, e o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, lembraram com palavras sentidas o popular estadista e fundador do Partido Socialista.

Patente até 24 de fevereiro na Galeria dos Benfeitores do MMIPO, na Rua das Flores, "A cerimónia do adeus - O funeral de Estado de Mário Soares visto pelos fotógrafos" reúne imagens de uma grande qualidade estética e de um forte poder evocativo, que retratam diversos momentos do cortejo fúnebre e da deposição da urna de Mário Soares no jazigo da família Barroso Soares no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

A exposição, que tem curadoria do assessor e amigo de longa data do antigo Presidente, José Manuel dos Santos, foi inaugurada há um ano em Lisboa e ali foi vista por mais de 10 mil pessoas.

Fundador e primeiro líder do PS, Mário Soares foi ministro dos Negócios Estrangeiros dos primeiros governos provisórios, Primeiro Ministro dos I, II e IX Governos Constitucionais e Presidente da República durante dois mandatos (1986-1996).