Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto partilha nas Eurocities estratégia para cidades com melhor ambiente
30-03-2019
A estratégia e experiência do Município do Porto em termos de políticas amigas do ambiente foram levadas ao 2.º Mayors Summit, promovido nesta semana pela rede Eurocities no Edifício Jacques Delors, em Bruxelas, onde funciona o Comité das Regiões.

O encontro contou com a presença de mais de 60 presidentes ou seus delegados, num total de representação de mais de 160 milhões de cidadãos através da Rede Eurocities. A preocupação geral sobre o futuro da Europa torna comum também a certeza de que o sucesso ou fracasso do projeto europeu será decidido em grande medida pela capacidade das cidades moldarem e implementarem políticas localmente, sendo que a dimensão ambiental é uma das vertentes com grande peso.

Nessa perspetiva, o Porto esteve representado pelo vice-presidente da Câmara e responsável pela Inovação e Ambiente na autarquia, Filipe Araújo, que é o presidente do Fórum do Ambiente da rede Eurocities, tendo este responsável corroborado aquela visão acerca da União Europeia, focando-se ainda em temas em que o Porto tem procurado liderar a transformação da cidades com o objetivo de atacar o problema global das alterações climáticas.

Assim, Filipe Araújo falou neste Mayors Summit sobre a descarbonização dos transportes com a promoção de mobilidade inovadora, partilhada, conectada e livre de emissões; e sobre a transição energética acreditando que as cidades podem revolucionar o paradigma energético atual, podendo produzir energia limpa, utilizá-la de forma mais eficiente e, a breve prazo, conseguir mesmo armazenar excedentes de energia. Deu ainda enfase à defesa das políticas para uma economia circular, promovendo a mudança rápida nos comportamentos de consumo, especialmente focado nos problemas dos plásticos descartáveis e outros exemplos que devem ser seguidos neste tópico.

No 2.º Mayors Summit de Bruxelas, foi ainda lançada a "Agenda de líderes de cidades para a Europa" do EUROCITIES, onde se pede que os líderes europeus e nacionais trabalhem em grande proximidade com as cidades e com os cidadãos. Entre outros aspetos, os líderes das cidades europeias pedem aos responsáveis europeus e líderes nacionais que:

- reforcem o papel das cidades na União Europeia, nomeando um vice-presidente responsável pelos assuntos urbanos na Comissão Europeia;
- adotem e implementem a visão de uma Europa neutra em carbono até 2050, incluindo políticas para carros mais ecológicos;
- impulsionem a transformação digital em toda a UE, apoiando os esforços das cidades para desenvolver, testar e ampliar soluções digitais;
- reconheçam a contribuição vital das cidades para a implementação do Pilar Europeu dos Direitos Sociais;
- reforcem a democracia representativa com mecanismos mais participativos, seguindo o exemplo das cidades para um futuro centrado nos cidadãos da Europa.