Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto organiza com 3 outras cidades o maior festival de artes performativas do país
27-03-2019
Vontade política de vários municípios, sinergias de dois grandes festivais e uma seleção do que de melhor se cria em dança e teatro a nível internacional fazem do novo paradigma DDD+FITEI o maior festival de artes performativas do país que, em abril e maio, traz ao Porto e outras cidades do norte um total de 66 espetáculos.

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, em conferência de imprensa realizada nesta manhã no Clube Fenianos Portuenses, que será um dos 40 espaços a receber as 112 récitas programadas para o Porto, Gaia, Matosinhos e Viana do Castelo, entre 24 de abril e 25 de maio.

O DDD - Festival Dias da Dança (24 de abril a 12 de maio) e o FITEI - Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (8 a 25 de maio) apresentam-se desta vez intimamente associados, incluindo por isso uma semana comum com programação nacional (8 a 12 de maio) e um especial foco no Brasil ao longo de ambos os festivais.

Como sublinharam Tiago Guedes e Gonçalo Amorim, diretores artísticos dos dois festivais, respetivamente, a forte vertente de artistas e espetáculos brasileiros dará corpo e expressão a "um momento difícil" que o panorama artístico vive atualmente devido à situação política no Brasil.

É também de base política que o novo grande festival de artes performativas "DDD+FITEI" surge, conforme reafirmaram os autarcas presentes na sessão de hoje, Dia Mundial do Teatro.



"Não podemos desenvolver as cidades e pensar o futuro das populações se não investirmos na cultura", considerou a presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, declarando que a aposta no modelo deste festival é a prova de que "queremos afirmar uma região, mais do que este ou aquele município".

No mesmo sentido, a vereadora da Cultura da Câmara de Gaia, Paula Carvalhal, deu garantias quanto ao reforço da parceria entre as três cidades da Frente Atlântica (Porto, Gaia e Matosinhos) para o festival, tendo em conta "a necessidade de investir cada vez mais em cultura e prosseguir uma política cultural consistente".

Por seu lado, a vereadora com o mesmo pelouro na autarquia de Viana do Castelo, Maria José Guerreiro, constatou que "há um reforço da frente cultural a norte" e manifestou o desejo de ver este fenómeno alargado a outros municípios, já que "trabalhar em rede é cada vez mais importante".

De resto, Rui Moreira sublinhara também o momento "verdadeiramente especial - histórico! - no panorama cultural da região e do país" que resulta de "sinergias tão orgânicas e profícuas". Como recordou, o caráter transversal dos eventos e a criação de públicos mais diversos e mais vastos são objetivos alcançados e constantemente perseguidos, pelo que "apenas os mais distraídos poderão pensar que é fruto do acaso".

Pelo contrário, "o DDD+FITEI corporiza o trabalho que iniciámos em 2013 a desenvolver na cultura" e é hoje "o maior festival de artes performativas a nível nacional e também já um dos maiores da Europa". Daí que o presidente da Câmara do Porto tenha concluído que "a partir de hoje, todos diremos com orgulho «DDD+FITEI»".

Destaques da programação 

Tal deve-se, não somente ao facto de o festival levar ao público muitos e bons espetáculos das áreas da dança e do teatro, mas também porque vai apresentar ao mundo os criadores e artistas nacionais: está prevista a presença de uma centena de programadores vindos do estrangeiro para ver o trabalho de cerca de 650 elementos envolvidos nos vários momentos do DDD+FITEI.

Entre 24 de abril e 25 de maio, a frase feita "o difícil é escolher" vai fazer todo o sentido face à imensa e variada programação, que tem um momento de lançamento ao público hoje mesmo, 27 de março: a partir das 19 horas no Clube Fenianos Portuenses, junto ao edifício dos Paços do Concelho, a apresentação é feita sob a forma de festa aberta ao público e com entrada livre, com dj set de DJ Farofa.

Ainda assim, os dois diretores artísticos fizeram alguns destaques do que vai ser possível ver nas quatro cidades. No caso do DDD, Tiago Guedes exemplificou com "o desafio de encher o Coliseu com um espetáculo de dança", tendo a missão sido atribuída à Companhia de Dança da Ópera de Gotemburgo com a atuação numa plataforma inclinada a 45 graus.

No que toca ao Foco Brasil, o diretor referiu as estreias nacionais de "Looping: Bahia Overdub", de Felipe de Assis, Leonardo França & Rita Aquino, "Acordo", de Alice Ripoll/Cia. Rec; e "Fúria", de Lia Rodrigues.

A oferta do DDD está agrupada nas vertentes DDD IN (espetáculos em sala), DDD OUT/Corpo+Cidade (espetáculos no espaço público), DDD Extra (atividades paralelas, incluindo workshops) e DDD Pro (workshops para profissionais).

Quanto ao FITEI, e de "um programa que nos deixa muito orgulhosos", Gonçalo Amorim destacou, de entre os 11 espetáculos internacionais e 14 nacionais, "Ella sobre Ella", da uruguaia Marianella Morena, "Yo escribo, Vos dibujás", do argentino Federico León, e "Don Juan esfaqueado na Avenida da Liberdade", de Pedro Gil. Enquadradas no Foco Brasil, salientou as apresentações de "Preto", de Márcio Abreu, "Odisseia", pela companhia brasileira Hiato, e "Democracia", do brasileiro Felipe Hirsch.

Informações úteis

O DDD+FITEI 2019 vai ter como centro operacional o Teatro Rivoli, onde funcionarão também a bilheteira central DDD e o Meeting Point DDD+FITEI, sendo este no Café Rivoli, que proporcionará cruzamento de artistas, criadores e público em ambiente descontraído.

Estão também já disponíveis várias formas de aceder aos espetáculos, nomeadamente através de passes com preços mais vantajosos, como o caso do passe de 33 euros para três espetáculos DDD e outros três FITEI (todos do Foco Brasil), o passe de sete bilhetes DDD com 50% de desconto e o passe de cinco bilhetes DDD com 20% de desconto.

Além disso, foi previsto estacionamento gratuito no centro comercial La Vie Porto Baixa (junto ao Mercado Temporário do Bolhão) para os detentores de bilhetes para os espetáculos DDD.

Todas as informações podem ser aprofundadas nos sites www.festivalddd.com, www.dddmaisfitei.com e www.fitei.com, bem como nas páginas de cada um dos festivais no Facebook e no Instagram.