Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto mostra-se ao mundo através do Financial Times
14-02-2019

A Câmara do Porto revela na FDi Magazine, do Financial Times, a sua estratégia na atração de investimento. É também dada voz a empresários dos setores dos negócios e do turismo, áreas que têm vindo a crescer exponencialmente nos últimos anos, gerando milhares de empregos e impulsionando a economia local e regional.


Também o presidente da Câmara do Porto dá o seu testemunho nas páginas do suplemento do Financial Times e explica como em 2018 foi possível a cidade registar a maior taxa de investimento estrangeiro.

A reabilitação urbana, muito impulsionada por investidores privados, foi o grande propulsor da mudança, aliada a um conjunto de políticas públicas municipais que, nos últimos anos, foram determinantes para que o Porto se tornasse uma cidade "vibrante", tanto no campo cultural como no incentivo ao empreendedorismo, especialmente na área das TIC e I&D.

Rui Moreira acredita que este "ecossistema multifuncional" combina vários fatores: desde logo, a qualidade dos recursos humanos, que cada vez mais é reconhecida no país e internacionalmente. E, a par da boa qualidade de vida que a cidade oferece, as próprias empresas que se têm instalado no Porto, destacam esse capital humano e a exigência da formação universitária como essenciais nas suas escolhas. Um desses exemplos é o banco de investimento francês Natixis.

Recentemente, a Câmara do Porto foi distinguida em duas categorias dos FDi Strategy Awards 2018: "Incentivos" e "Projetos Vencedores" (esta última pela intervenção direta que teve na instalação da mundial de energia eólica Vestas).

A fDi - Intelligence Magazine, conceituada publicação do Financial Times é uma referência na área dos negócios e IDE (Investimento Direto Estrangeiro).

Consulte o suplemento que promove a atração de investimento internacional para a cidade do Porto na íntegra.