Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto, Gaia e Matosinhos juntos na organização dos Jogos do Eixo Atlântico
18-06-2015

Pela primeira vez na história dos Jogos do Eixo Atlântico, três cidades - Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia - vão organizar e acolher simultaneamente esta competição desportiva, lançada em 1995 e realizada a cada dois anos. A apresentação decorreu hoje em conferência de imprensa, na Casa do Roseiral.


Nesta que será a sua 11ª edição, os Jogos do Eixo Atlântico terão lugar entre os dias 5 a 10 de julho nos três municípios que constituem a Frente Atlântica do Porto, contando desde já com a maior participação de sempre, num total de mais de 1.800 desportistas em representação de 16 concelhos do norte de Portugal e 12 da região da Galiza.


"A cultura, o desporto, a política social, de juventude, de investigação são investimento e também uma forma de resistência. Esta é a mensagem que queremos enviar aos governos de Lisboa, Madrid ou Bruxelas", defendeu o secretário-geral do Eixo Atlântico, Xoan Mao.


O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, afirmou  que se revia nas palavras críticas de Xoan Mao e deu como exemplo de cooperação a "complementaridade de equipamentos que existe entre as cidades [da Frente Atlântica]". "Não devemos tentar replicar, por cobiça ou vontade de fazer obra. Por haver uma marina em Matosinhos ou Gaia não é necessário haver no Porto, os seus cidadãos estão bem servidos [com os equipamentos vizinhos] ", defendeu.


O presidente da Câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto, e o vereador do desporto da Câmara de Gaia, José Guilherme Aguiar, manifestaram a convicção de que os jogos serão "um sucesso", com este último a desejar que o exemplo de partilha agora posto em prática possa ser "replicado" no futuro.


Aproveitando as excelentes infraestruturas para a prática desportiva dos três Municípios, a 11ª edição dos Jogos do Atlântico será distribuída por sete modalidades: Andebol, Atletismo, Basquetebol, Futebol de 7, Natação, Voleibol e, em estreia, o Ténis.


De assinalar o facto de, ao atletismo adaptado, que desde há várias edições está incluído no programa competitivo, se juntar agora também a natação adaptada.


Em termos de distribuição geográfica, a cidade do Porto acolherá as provas de Ténis (Complexo Desportivo do Monte Aventino) e Atletismo Cross (Parque da Cidade).


Por sua vez, em Vila Nova de Gaia serão disputadas as modalidades de Futebol 7 (Estádio Municipal do Parque da Cidade e Estádio do Valadares FC) e Andebol (Pavilhão Municipal de Gaia), enquanto em Matosinhos terão lugar as provas de Atletismo em Pista e Atletismo Adaptado (Pista de Atletismo de Leça da Palmeira), Natação e Natação Adaptada (Piscina da Senhora da Hora), Voleibol Feminino (Nave Ilídio Ramos), Basquetebol Feminino (Pavilhão Municipal de Leça da Palmeira) e Basquetebol Masculino (Pavilhão Municipal Gueifões).


Iniciativa do Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, associação transfronteiriça que engloba 34 concelhos de região Norte de Portugal e da Galiza, os Jogos do Eixo Atlântico estão vocacionados para a promoção do desporto, convivência entre os jovens e também para um maior conhecimento entre os cidadãos destas duas regiões.


Pela sua longevidade e alta participação, os Jogos do Eixo Atlântico constituem atualmente um referente singular da prática do desporto transfronteiriço na Europa, mobilizando mais de 1.800 jovens de 28 cidades do Norte de Portugal e da Galiza.


A cerimónia de abertura da 11ª edição dos Jogos do Eixo Atlântico está marcada para domingo, 4 de julho, às 16h30, na Praça General Humberto Delgado, em frente ao edifício dos Paços do Concelho do Porto.