Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto foi hoje eleito presidente do Fórum do Ambiente do Eurocities
19-10-2018
O Porto acaba de ser eleito para um mandato de dois anos na liderança do Fórum do Ambiente do Eurocities. A candidatura foi apresentada no final de setembro e a eleição decorreu na reunião deste Fórum que teve lugar em Tampere, na Finlândia, entre 17 e 19 de outubro. 

Durante os últimos dois anos, o Porto ocupou a vice-presidência daquele Fórum sob a liderança de Amesterdão. Agora, o desafio cresce, tendo sido reconhecido o forte envolvimento do Porto nas matérias de ambiente, sob a tutela do vice-presidente da Câmara e vereador da Inovação e Ambiente, Filipe Araújo.

A candidatura do Porto incluiu temas importantes para a sustentabilidade das cidades e em áreas onde a Invicta tem desenvolvido vários projetos e estratégias. Destaca-se por exemplo, a temática das cidades verdes, saudáveis e resilientes, nomeadamente as soluções de base natural que o Porto tem desenvolvido, de que são bons exemplos a recuperação do Rio Tinto e o novo Parque Central da Asprela.

Merecem igualmente referência a questão da Economia Circular e o recente desenvolvimento do Roadmap para a Economia Circular do Porto, a área da energia sustentável, com o trabalho desenvolvido em estreita ligação com a Agência de Energia do Porto, e o Ciclo Urbano da Água, onde a abordagem assumida pela Águas do Porto é referência entre os países europeus. 

O Porto é membro da rede Eurocities desde 1990, tendo acolhido a Assembleia Geral Anual, em 2003, a reunião do Grupo de Trabalho de Assuntos Sociais, no final de 2014, e a reunião do Fórum do Ambiente, em 2015.

Fundada em 1986, a rede de cidades Eurocities integra atualmente 140 cidades de mais de 30 países e pretende estimular o intercâmbio das melhores práticas e representar os interesses das grandes cidades junto das instituições comunitárias, promovendo a inclusão das exigências urbanas nas políticas europeias.