Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto é o município com maior independência financeira no Norte do país
06-01-2020
O Município do Porto governa-se com 80% de receita própria, tornando-se num exemplo de gestão autárquica ao ser a câmara municipal com maior independência financeira na Região Norte. Os resultados estão expressos num relatório recentemente divulgado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

Na edição impressa do JN desta segunda-feira, que revela os resultados do estudo, fica bem claro que o caso da Câmara do Porto é exceção e que a grande maioria das autarquias nortenhas - mais precisamente 76 - não tem independência financeira.

Por contraste, o Município do Porto lidera o topo de uma tabela onde apenas uma minoria de 15 municípios conseguiu obter uma percentagem de receitas próprias totais acima dos 50%, entre as 86 autarquias analisadas pela CCDR-N.  

Na semana passada, já tinha sido tornado público que, dentro da Região Norte, os municípios da Área Metropolitana do Porto foram aqueles que apresentaram, em geral, os melhores resultados no que à independência financeira diz respeito. Hoje, o JN aprofunda a notícia ao revelar que a cidade do Porto ocupa o lugar cimeiro a esse nível, apenas com uma percentagem residual de receitas provenientes de terceiros, ou seja, do Estado Central.