Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto é a única cidade portuguesa com certificado de qualidade de vida
09-02-2017

A Câmara do Porto foi distinguida com a certificação de qualidade de vida e serviços da cidade pelo World Council on City Data.


O Porto torna-se assim no primeiro - e, para já, único - município português certificado com a norma ISO 37120 pelo World Council on City Data, cujos indicadores permitem ajudar as cidades a medir o desempenho dos serviços urbanos e a mensurar a sua qualidade de vida ao longo do tempo. A nível mundial, existem apenas 35 cidades certificadas por esta norma.


A ISO 37120, a primeira norma em indicadores de cidade da "International Organization for Standardization", inclui a análise de um conjunto de 100 indicadores, agrupados de acordo com 17 temas relacionados com serviços e qualidade de vida, padronizando assim a medição do desempenho económico, social e ambiental da cidade.

O Porto apresenta um maior número de indicadores "Best Score" do que cidades como Londres, Barcelona, Paris, Roterdão e Milão, demonstrando que é uma cidade que oferece uma ótima qualidade de vida aos seus habitantes.


"É uma cerificação importante, porque contribui para o desenvolvimento sustentável da cidade e dos seus cidadãos, padronizando o seu desempenho económico, social e ambiental", destacou Rui Moreira, considerando que "a informação e os dados recolhidos são vitais para a definição destas políticas".


O World Council on City Data (WCCD) é o organismo internacional responsável por este processo de certificação.




A autarquia também recebeu os certificados de conformidade que atestam a certificação do seu Sistema de Gestão integrado em qualidade,   recursos humanos, segurança e saúde no trabalho e ambiente pelas normas NP EN ISO 9001:2015, NP 4427:2004,  NP OHSAS 18001:2007 e NP 4397:2008 e NP EN ISO 14001:2015 (esta última com âmbito restrito aos parques urbanos).


Uma certificação transversal a todas as unidades orgânicas do Município que se deve a um "investimento contínuo e ao acompanhamento da crescente robustez do sistema", como referiu Guilhermina Rego, vice-presidente da Câmara do Porto, uma "autarquia pioneira nas melhores práticas".


A implementação de um Sistema de Gestão único, transversal e partilhado constitui um passo fundamental na modernização e eficiência dos serviços municipais prestados junto dos cidadãos.


Para além de contribuir para uma melhoria contínua dos serviços prestados, o sistema está já a ser trabalhado para ser alargado "às áreas do ambiente e às respostas a emergências através das várias equipas interrelacionadas", revelou o presidente da Câmara do Porto.


Os certificados atribuídos pela SGS foram ontem entregues pelo seu administrador, João Marques, numa cerimónia realizada na Câmara do Porto.