Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto duplicou capacidade para a prática desportiva em apenas três anos
21-05-2017
A Câmara do Porto mais do que duplicou a capacidade da rede de equipamentos desportivos no presente mandato. O estádio do INATEL foi reabilitado, depois da autarquia ter tomado conta do equipamento e de tê-lo reabilitado, o que faz com que o Porto voltasse a ter uma pista de atletismo homologada, pública e em boas condições. A piscina de Campanhã também foi modernizada e colocada ao serviço do desporto, do desporto adaptado, mas também das populações. Nas escolas a Câmara encontrou soluções de aproveitamento dos equipamentos, reabilitando e colocando à disposição da prática desportiva, fora dos horários escolares. Na Faculdade de Desporto, protocolou a iluminação do campo, o que permitirá o prolongamento da sua utilização por clubes da cidade.

Muitos pequenos e grandes clubes têm beneficiado desta política, que visa o aproveitamento dos equipamentos que já existem, reabilitando e potenciação a sua utilização. Clubes como o Boavista, Salgueiros, Ramaldense, Sport Clube do Porto e CDUP têm beneficiado desta política, que visa tirar o Porto da cauda das cidades portuguesas em matéria de disponibilização de equipamentos para a pratica desportiva. Com o FC Porto, a Câmara fez um contrato que lhe permitiu ver totalmente reabilitada a Piscina de Campanhã, que apresentava problemas estruturais graves. O investimento ficou totalmente do lado do clube que ali pode agora continuar a realizar as atividades das suas equipas competitivas, mas também de desporto adaptado. Esta foi, aliás, uma das áreas a que o atual executivo mais importância deu.

Em projeto está também a construção de um novo campo para o Sporting Clube da Cruz, estando a Câmara do Porto a procurar resolver os intrincados problemas relacionados com os terrenos de privados que são necessários. Sem prometer ou sem se comprometer com datas, Rui Moreira apresentou já o projeto que contempla também a IPSS do quase centenário clube portuense.

No caso do Salgueiros, clube que encerrou como Sport Comércio e Salgueiros, depois de ter vendido o seu estádio e de não ter conseguido, na década passada, construir um novo recinto, a Câmara do Porto ajudou, nos últimos três anos, a desenvolver o novo projeto do Salgueiros 08, encontrando uma sede social e protocolando a utilização do campo da Faculdade de Desporto.

Este trabalho que duplicou a capacidade desportiva da cidade foi possível graças ao empenho de vários pelouros, como a coesão social, educação e património e da empresa municipal Porto Lazer.