Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto.Card em versão móvel
25-11-2015

Foi ontem apresentado na Casa da Música a nova imagem do Porto.Card, numa "networking party" que reuniu vários parceiros deste produto e que contou a presença do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira.


Com uma solução tecnológica mais "user friendly", disponível para os sistemas iPhone e Android, o Turismo do Porto ganhou outra vantagem competitiva em relação aos demais destinos turísticos nacionais e europeus.


A partir de agora existe uma versão móvel do cartão de cidade, onde, no mesmo produto é possível encontrar informação sobre as atrações do destino, os benefícios, descontos e gratuitidades de que se pode usufruir na rede de parceiros, como, também, movimentar-se na cidade e quais as recomendações de programas do Turismo do Porto para descoberta do Porto e Norte de Portugal.


A aplicação facilita o acesso a ofertas especiais do dia e coupons de desconto especiais.


Esta mudança, também associada à imagem de marca da cidade "Porto.", começou a ser desenvolvida  em 2013, não só no que se refere ao Porto Card como produto, mas sobretudo enquanto modelo de negócio organizacional.


"O Porto é uma das poucas cidades europeias em que o turista não precisa de andar com o cartão na mão. Pode fazer download para telemóvel, comprar o cartão dentro da aplicação e chegar ao pé dos nossos associados mostrar o cartão e usufruir de todas as vantagens", explicou ao Porto. Susana Ribeiro, diretora do Departamento de Turismo da Câmara do Porto.


A responsável explicou, ainda, que o Porto.Card representa uma "completa revolução" dos cartões de cidade, sendo muito poucas as cidades do mundo que já trabalham com base nesta tecnologia.


"Em termos estratégicos é um produto interessantíssimo, por um lado satisfaz a procura turística e outro segmento da procura que sé a geração milénio, e, ao mesmo tempo, satisfaz a oferta turística, porque a organiza", referiu Susana Ribeiro.


O produto integra propostas de um a quatro dias abrangendo não só a cidade do porto como a região do norte de Portugal. A criação da modalidade de quatro dias resulta do aumento estatístico da estada que ultrapassou a permanência de dois dias no Porto.


O Porto.Card conta agora com 280 parceiros e 41 pontos de venda entre meios tradicionais, online e dispositivos móveis e nos últimos dois anos as vendas do produto cresceram 46%.


Recorde-se que o primeiro cartão turístico da cidade surgiu em 1997, um ano depois da classificação Centro Histórico do Porto, em 1996 pela Unesco, enquanto Património Cultural da Humanidade.