Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto Best Of reativa as bandas eletrónicas da cidade já nesta quinta-feira
12-12-2017
O ciclo de espetáculos promovido pela Câmara do Porto atinge as 19 bandas já nesta quinta-feira, quando chegam ao palco do Rivoli os Repórter Estrábico, os Holy Nothing e os Mirror People.

A partir das 21,30 horas, o último espetáculo do ano do Porto Best Of, que tem curadoria de Miguel Guedes, apresenta assim não um, mas três concertos para contarem, em conjunto, parte da história da música eletrónica feita na cidade. 

Com bilhete de preço único (7,5 euros), o espetáculo será aberto pelos Mirror People de Rui Maia (X-Wife), juntando influências do pop eletrónico dos anos 80 com sons atuais da música de dança. Seguem-se os Holy Nothing de Pedro Rodrigues, Samuel Gonçalves e Nelson Silva, que trilham os caminhos infinitos da música eletrónica desde 2013.

O Porto Best Of 2017 termina com o regresso à atividade de uma das mais icónicas bandas portuguesas. Após uma década de paragem, Luciano Barbosa, Anselmo Canha, Paulo Lopes e Manuel Ribeiro voltam a ser os Repórter Estrábico e trazem ao Rivoli as memórias do passado e os olhos no futuro.

Completa-se assim mais um ano em que a Câmara do Porto tem vindo a contar o que de melhor já se fez na cidade em termos musicais. A ajuda de Miguel Guedes no Porto Best Of tem sido preciosa para levar as principais bandas a revisitarem os seus álbuns mais significativos, tendo esta temporada visto e ouvido Três Tristes Tigres, Old Jerusalem e Dan Riverman em concerto dedicado à palavra; as cadências rítmicas dos Jafumega e Marta Ren & The Groovelvets; e Clã e Best Youth na noite da pop.

No ano passado, o melhor do Porto recuperou os GNR e os Lobo, no ciclo dedicado à pop; Dealema e Capicua, na noite hip-hop; Tarântula, Equaleft e Redemptus, a lembrar as raízes do metal da cidade; e Expensive Soul e Cru, na noite soul e funk.