Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Mais alojamento para estudantes
05-11-2015

A Câmara do Porto participou, ontem, em Amesterdão na conferência da Fundação "Class of 2020", certame que reúne especialistas de todo o mundo em alojamento de estudantes, assunto que o presidente Rui Moreira tem vindo a trabalhar com especial cuidado.


A capital holandesa apresenta problemas semelhantes ao Porto e a outras cidades europeias onde existem grandes e prestigiadas universidades que atraem estudantes de várias origens, mas que acabam por ter dificuldade em encontrar alojamento apropriado e a preços compatíveis.


O presidente da Câmara do Porto, que se fez representar através de um membro do seu gabinete, tem vindo a defender que os estudantes universitários que todos os anos vêm para a cidade encontrem alojamento, também, no centro da cidade e assim possam contribuir para o seu repovoamento e para a dinâmica social do centro do Porto.


Por outro lado, a capacidade que a cidade possa ter em matéria de alojamento dedicado aos jovens e, em particular, aos estudantes, potencia a competitividade da Universidade e da Academia do Porto, em geral. O modelo corresponde áquilo que Rui Moreira tem vindo a defender para o Porto quando fala em tornar a cidade cada vez mais confortável e interessante.


A conferência, onde foram partilhadas experiências de estudantes, empreendedores, construtores, professores, diretores de universidades e especialistas, foi aberta pela vice-presidente da Câmara de Amesterdão, Kajsa Ollongren, e contou com a presença virtual, via videoconferência, da Comissária Europeia Vanessa Debiais-Sainton, responsável pelo setor de Erasmus.


Em Amesterdão existem já diversos projetos a funcionar e com resultados interessantes cujo modelo pode interessar ao Porto, como unidades hoteleiras especificamente concebidas para receber estudantes. A existência destes novos modelos de habitação jovem poderá também contribuir para a dinamização da reabilitação urbana do centro do Porto e para a captação de investimento estrangeiro.


A presença de um adjunto de Rui Moreira em Amesterdão foi aproveitada, também, para conhecer alguns desses espaços, nomeadamente hotéis dedicados a estudantes, instalados em antigos prédios de escritórios entretanto abandonados ou sem perspetiva de virem a ser reocupados para a sua função original.


+Info: The Class of 2020