Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto Ambiente incentiva recolha de resíduos verdes
01-02-2019
Com o objetivo de valorizar os resíduos verdes produzidos no Município, a empresa municipal Porto Ambiente está a promover a sua separação, tendo em vista o seu encaminhamento para transformação num composto natural de alta qualidade. 

Para facilitar esta separação, será oferecido aos munícipes um saco reutilizável para acondicionar os resíduos verdes que produzam nos seus jardins, a ser entregue quando agendarem o serviço gratuito de recolha ao domicilio.

Os pedidos de agendamento deverão ser realizados através da Ecolinha: pelo telefone 800 205 704 (dias úteis das 9 às 17 horas); ou email ecolinha@portoambiente.pt.

O Município oferece ainda sacos próprios para o acondicionamento dos resíduos que devem estar em feixe, no caso dos ramos e galhos, ou a granel, no que se refere a folhas e relva.

A valorização orgânica, através da compostagem, é uma das principais componentes da política de gestão integrada de resíduos sólidos, sendo efetuado o aproveitamento dos resíduos biodegradáveis para produção de adubos naturais. Este género de resíduos não deve ser depositado no contentor dos indiferenciados. 

Por resíduos verdes entende-se restos de jardinagem (ramos, podas, relva, folhas, flores) sem terras ou outros contaminantes e aparas de madeira sem qualquer tratamento. 

Recorde-se que a empresa municipal Porto Ambiente tem adotado novas práticas para potenciar o esforço conjunto do Município e cidadãos em aumentar os números da reciclagem concelhios.

Entre as várias medidas, foi introduzida a recolha seletiva porta-a-porta residencial, onde os moradores de cada um dos fogos abrangidos receberam equipamentos para recolha dedicada (papel/cartão, plástico/metal, vidro, orgânicos e indiferenciados). Por toda a cidade foram também instalados novos ecopontos, numa estratégia de reforço e renovação da rede de coletores de resíduos.

A Porto Ambiente gere, anualmente, mais de 140 000 toneladas de resíduos, num concelho com de mais 215 000 habitantes, aos quais acresce uma população flutuante de cerca 180 000 pessoas por dia.