Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto a Subir testou resistência de 250 atletas
02-07-2018
No ano em que celebrou a sua 15.ª edição, o Porto a Subir juntou na manhã de domingo 250 participantes, em representação de seis nacionalidades, para uma das mais exigentes e emblemáticas provas do calendário desportivo da cidade.

Pela frente, a subida individual e em contra-relógio dos 206 degraus das Escadas do Codeçal e, na segunda parte do desafio, dos 290 degraus das Escadas dos Guindais.

Na primeira subida, a das Escadas do Codeçal, Adrião Rodrigues foi o mais rápido, completando o percurso em 1m46,9s. No setor feminino, Rosa Madureira completou a prova em 2m22,2s.

O incentivo dos turistas e moradores foi essencial para os atletas superarem os 290 degraus das Escadas dos Guindais e alcançarem a meta, localizada nas imediações da Batalha. Neste segundo desafio, Tomás Baptista, em representação da Escola do Movimento, foi pela quarta vez consecutiva o vencedor desta prova, cumprindo o percurso em 1m21,5s. 

Na vertente feminina, a vencedora foi Alison Hooper, uma turista canadiana e que se aventurou pela primeira vez neste desafio e se sagrou vencedora logo na estreia com o tempo de 1m48,4s.

A cerimónia de pódio premiou os dez primeiros homens e as dez primeiras mulheres em cada escadaria. A 15.ª edição do Porto a Subir foi mais uma vez realizada com o apoio do Clube Desportivo e Cultural dos Guindais, ao qual a Runporto, através do seu diretor, Jorge Teixeira, entregou uma lembrança de agradecimento por toda a colaboração prestado ao longo destas 15 edições.