Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Semeadas árvores em forma de livro em São Lázaro
21-06-2016

Cerca de 120 crianças participaram ontem na plantação de sementes de jacarandás em forma de livro no jardim de São Lázaro. A iniciativa foi organizada pela empresa Ageas Seguros, em colaboração com a Câmara do Porto e teve como objetivo "devolver à terra o que dela foi retirado".


Elias Leal, diretor geral financeiro da Ageas Seguros, explicou que no âmbito de uma mudança de marca da empresa que obrigou à renovação total de impressos, estacionário, folhetos e cartazes foram recicladas 4,3 toneladas de papel.


"Esta recolha significou uma poupança de 57 árvores que não foram abatidas e o equivalente a cerca de 14 camiões de água para produção de papel", disse ao www.porto.pt.


A ação ficou a cargo das crianças provenientes da Ajudaris, do Centro Social da Sé e da Associação de Solidariedade das Fontainhas que semearam os jacarandás em forma de livros, feitos com materiais biodegradáveis e que continham as respetivas sementes incorporadas.


Filipe Araújo, vereador da Câmara do Porto responsável pela pasta do Ambiente sublinhou a antiguidade do jardim de São Lázaro e que aquele gesto traria frutos num futuro mais longínquo.