Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Pianista Daniel Cunha apresenta hoje em concerto obras de Alfredo Napoleão
04-12-2018
O pianista portuense Daniel Cunha dá hoje um concerto para apresentação do cd "Solitude" com obras do compositor romântico e também portuense Alfredo Napoleão (1852-1917) que nunca tinham sido gravadas.

O recital, com introdução pela musicóloga Ana Maria Liberal, realiza-se no Salão Árabe do Palácio da Bolsa, a partir das 21,30 horas, e o programa integra as obras Soupirs du Tage (Suspiros do Tejo). op 38; Prelúdio e Fuga op. 41; Rondo op. 47; Lenda da Beira op. 39; Andante et Polonaise op. 27, versão para piano solo.

O acesso a este concerto é livre mas limitado à capacidade da sala, devendo as reservas de lugar ser efetuadas através do número telefónico 925 978 070.

Daniel Cunha é considerado um dos mais destacados pianistas portugueses da sua geração. Doutorado em Artes Musicais na especialidade de piano pela Universidade do Kansas (EUA), onde se aperfeiçoou com o consagrado pianista e pedagogo Sequeira Costa, foi premiado na XVI edição do Concurso Internacional de Piano Vianna da Motta e é detentor, entre outros, do primeiro prémio do concurso Helena Sá e Costa. Tem vindo a celebrar a obra e memória de Alfredo Napoleão, pianista-compositor que, no seu tempo, fez inúmeros concertos para o Orpheon Portuense, tocou com Guilhermina Suggia e participou em várias inaugurações de espaços culturais da cidade.

Alfredo Napoleão teve, além disso, uma vida itinerante, cheia de sucessos como pianista e como compositor, tanto no Brasil como na Argentina - países onde passou vários anos - mas também em importantes cidades europeias como Londres e Paris. Nesses países, apresentou os seus Concertos para Piano e Orquestra, as suas Sonatas para Piano e outras obras para piano solo, música de câmara, etc.