Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Performances e música na agenda do Fórum do Futuro
01-11-2019
A edição de 2019 do Fórum do Futuro, que começa neste domingo no Rivoli, inclui um conjunto de performances e um concerto que complementam a programação até 9 de novembro.

Logo no dia da abertura, às 19,30 horas, Ralph Lemon e Kevin Beasley apresentam a performance multidisciplinar "RANT", desenvolvida especificamente para o espaço do Palácio dos Correios a convite dos curadores do Fórum do Futuro e que parte do trabalho prévio desenvolvido em "A view of a landscape", no Whitney Museum.

Na segunda-feira, dia 4, às 19 horas, Calixto Neto propõe "oh!rage", uma tempestade de imagens, referências e estados que pretendem dar corpo à raiva, onde um corpo diaspórico reclama uma dança em estado de celebração. A performance resulta de um cruzamento da programação do Fórum com a exposição "Estar vivo é o contrário de estar morto", que tem curadoria de Guilherme Blanc e Luísa Saraiva, na Galeria Municipal do Porto.

Por outro lado, Lafawndah, conhecida pela sua música de dança ritual, com influências como Nina Simone, Grace Jones, Missy Elliott ou Kate Bush, e pela forma futurística como aborda a pop e a eletrónica, estará em concerto pela primeira vez no Porto. Na Sala 2 da Casa da Música, no dia 6 de novembro às 22 horas, apresenta o seu primeiro algum, "Ancestor Boy".

Também Eszter Salamon, artista e performer galardoada neste ano com o prestigiante Evens Art Prize, apresentará "Lores & Praxes (rituals of transformation)", da sua série Monument. A exposição-performance, que reflete sobre as relações entre coreografia e história, é apresentada nos dias 8 e 9, entre as 12 e as 18 horas, nas Galerias do Museu de Serralves.

A encerrar o programa do Fórum, a produtora, DJ, escritora e artista Crystallmess apresenta "In Memory of Logobi", no dia, às 22 horas, no Café Rivoli. O projeto multidisciplinar estabelece um mapeamento multidimensional do Logobi, explorando o cruzamento entre alienação pós-colonial, tecnologia e cultura "faça-você-mesmo" numa abordagem pós-moderna da etnomusicologia.

O Fórum do Futuro vai decorrer entre 3 e 9 de novembro, no Rivoli, na Galeria Municipal, Palácio dos Correios, Casa da Música, Serralves e Cinema Trindade. Todas as sessões são de entrada livre, mediante levantamento de bilhetes nos locais e no dia de cada sessão.
A programação completa pode ser consultada AQUI.