Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Pavilhão da Água vai ser totalmente renovado
25-11-2016

O Pavilhão da Água vai entrar em obras de requalificação na próxima semana com o objetivo de melhorar o espaço físico e a área expositiva daquela infraestrutura.


O "novo" Pavilhão da Água terá um conteúdo totalmente renovado. A visita atual feita de forma livre será substituída por um percurso conceptualmente organizado, ao longo do qual o público irá descobrir as várias etapas que compõem a nova organização das experiências. Será dado um forte enfoque no papel das Águas do Porto, onde será explicado o ciclo das águas urbanas.


Para além da criação de novos módulos de experiências, serão reenquadrados e redecorados os módulos existentes, para que mantenham uma imagem apelativa dentro do seu contexto.


Desenhado para a Expo' 98 e com uma duração prevista de apenas três meses, o equipamento conta com 14 anos ao serviço da pedagogia e da sensibilização ambiental na cidade do Porto.


Foi um dos espaços mais visitados durante a Expo'98 - Exposição Mundial de Lisboa, evento para o qual foi construído pela Unicer - Bebidas de Portugal, SPGS, sob o tema "Os Oceanos, um Património para o Futuro". Posteriormente foi doado à Câmara do Porto e transferido para o Parque da Cidade, junto à entrada Norte (Estrada Interior da Circunvalação), reabrindo as portas ao público no dia 28 de dezembro de 2002.


Até 2010, o Pavilhão da Água esteve sob a gestão da Fundação Ciência e Desenvolvimento, uma instituição de direito privado sem fins lucrativos, fundada em 1995, através de um entendimento entre a Câmara do Porto e a Universidade do Porto. Em janeiro de 2011, a gestão do Pavilhão transitou daquela Fundação para a Águas do Porto.


O Pavilhão tem uma procura constante por parte dos grupos escolares, turistas e público em geral e, desde a sua implementação na cidade do Porto, já passaram por este equipamento cerca de 450.000 visitantes.


Enquanto decorrerem as obras (por período ainda a anunciar), uma exposição itinerante vai levar a magia da transformação da água às escolas da zona metropolitana do Porto.


Amanhã, dia 26, os visitantes terão uma última hipótese, ao longo do dia, de observarem o equipamento tal como ele foi criado para a Expo'98.