Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Passeios temáticos celebram o encontro de culturas noutros tempos
14-11-2018
A breve fixação do rei Carlos Alberto da Sardenha na cidade do Porto, em 1849, onde se tornou símbolo da época romântica, e a aventura aérea de Gago Coutinho e Sacadura Cabral, em 1922, dão mote a três eventos do domínio cultural que se realizam na tarde da próxima sexta-feira na cidade.

O primeiro insere-se no habitual calendário de Percursos Culturais e tem início pelas 14,30 horas na entrada do Palacete dos Viscondes de Balsemão (na foto), então Hospedaria Peixe, na Praça de Carlos Alberto, então Largo dos Ferradores, precisamente a primeira das efémeras moradas do rei da Sardenha no Porto. O percurso, com um custo de participação de 3 euros cujo bilhete pode ser adquirido online ou nos locais habituais, irá então recuperar a memória de Carlos Alberto Emanuel Vítor Maria Clemente Savério ou Carlos de Sabóia, Rei da Sardenha e Príncipe do Piemonte. Sob orientação da historiadora da arte Alda Bessa, serão contemplados locais que testemunham a presença do monarca no Porto durante os três meses de exílio que culminaram com a sua morte, ao mesmo tempo que serão evidenciados aspetos da vivência romântica da cidade. Mais informações pelo 223 393 480 ou percursos.culturais@cm-porto.pt.

Carlos Alberto será também recordado no evento que tem início pelas 15 horas no local que serviu de sua segunda e última morada no Porto: a Quinta da Macieirinha, onde está instalado o Museu Romântico. No âmbito do Ano Europeu do Património Cultural, realiza-se uma visita orientada que contempla a evocação das vivências quotidianas ligadas a esta casa oitocentista e à história de Carlos Alberto que, em tão pouco tempo de presença na cidade, se tornou tão querido dos portuenses e foi tomado como exemplo romântico. Orientada pela coordenadora do museu, Ana Bárbara Barros, a visita tem participação gratuita mediante inscrição prévia pelo 222 076 300 ou lilianapereira@cm-porto.pt.

Entretanto, também às 15 horas de sexta-feira, o Porto assinala o 96.º aniversário da travessia aérea do Atlântico Sul. Será, para tal, realizado um percurso pelos locais por onde passou a multidão em cortejo festivo que celebrava o sucesso de Gago Coutinho e Sacadura Cabral a bordo do hidroavião "Lusitânia". Este feito extraordinário foi porta aberta para a promoção, também ela extraordinária, do encontro de culturas.
Integrado igualmente no ciclo Ano Europeu do Património Cultural, o percurso é orientado pela historiadora da arte Isabel Andrade Silva e tem ponto de encontro em frente ao Grande Hotel do Porto (Rua de Santa Catarina, 197). A participação é gratuita mediante inscrição prévia pelo
222 076 300 ou lilianapereira@cm-porto.pt.