Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Parthenon Marbles e outras propostas dos últimos dias do Fórum do Futuro
09-11-2018

Hoje é a última oportunidade para assistir à ação performativa contínua de Alexandra Pirici, Parthenon Marbles, mas há ainda muito mais para aproveitar do Fórum do Futuro que termina já amanhã.



A apresentação de Alexandra Pirici, Parthenon Marbles está a decorrer no Pátio das Nações do Palácio da Bolsa até às 15,30 horas, com acesso livre.


Neste penúltimo dia do Fórum do Futuro, acontece também a derradeira Artist Talk da semana: "Afrogalactica III: Deep Space Scrolls", de Kapwani Kiwanga, que se apresenta como uma antropológa do futuro, às 17 horas, no Rivoli.


Às 19 horas, no Cinema Trindade, é exibido o filme "What is Democracy?", de Astra Taylor, realizado com o intuito de provocar e inspirar reflexão e mudança, partindo do conceito grego de democracia que muitas vezes tomamos como garantido. O filme será apresentado na sua versão original, falada em inglês e sem legendagem em português.


No Grande Auditório do Rivoli, às 21,30 horas, Paul B. Preciado, crítico da sociedade tecnopatriarcal, questionará o significado de transfeminismo e exporá ideias para uma possível revolução social, defendendo a criação de alianças na criação de um movimento coletivo "em transição".


A encerrar o dia, a performance "As Metamorfoses de Ovídio" - cerca de 250 narrativas sobre transmutações de seres humanos e sobre humanos noutros seres e elementos - é o ponto de partida para a criação da mala voadora, que recriará a História do Mundo às 23,30 horas, no espaço da Rua do Almada.


Propostas para sábado


O último dia do Fórum do Futuro, sábado, começa na Casa da Música com a sessão "Mito e Música", às 16 horas. Harrison Birtwistle, compositor fundamental da música britânica, e Charlotte Higgins, editora-chefe para a Cultura no "The Guardian", demonstrarão que os mitos da Grécia Antiga ainda têm lugar na música contemporânea, numa conversa moderada por Gillian Moore, diretora de Música no Southbank Centre.


De regresso ao Rivoli, às 17 horas, Brooke Holmes, professora e responsável pelo projeto Liquid Antiquity, explicará a necessidade de revermos o conceito de simpatia, já que na Grécia Antiga este implicava uma relação emocional distribuída por todo o cosmos e por todas as coisas.


Às 19 horas, André Aciman, um dos escritores mais estimulantes da ficção contemporânea e autor do romance "Call Me by Your Name", adaptado para cinema por Luca Guadagnino, discutirá quais os significados e implicações dos universos das Antiguidades nos seus romances com a jornalista e escritora Anabela Mota Ribeiro.


O encerramento do Fórum do Futuro, organizado em três atos, vai percorrer o tema das "ruínas" e da reconstrução da História, do Ocidente ao Oriente, às 21,30 horas, no Rivoli.


A arquiteta e curadora Eva Franch, diretora da Architectural Association, debaterá com Nick Axel, editor-adjunto da "e-flux architecture", como é essencial compreender a política da estética e as construções emocionais e culturais para a criação de um novo espaço de convergência e de compreensão.


"David", de Guan Xiao, sobre a escultura de Miguel Ângelo, será exibido de seguida, e o ensaísta e romancista Pankaj Mishra, primeiro escritor não-ocidental a ganhar o prestigiado Leipzig Book Award for European Understanding, encerrará a sessão com um debate, moderado por Gareth Evans, sobre a necessidade de rever o nosso stock de categorias e generalizações baseadas na História da Europa, tomando em consideração as experiências de outras sociedades e culturas.


Os Candeleros são responsáveis pelo concerto de encerramento do Fórum do Futuro com um Baile de Cúmbia, estilo musical de origens indígenas ancestrais que incorporou uma infinidade de danças e ritmos africanos com a ocupação colonial da América do Sul. O concerto está marcado para as 23,30 horas no Café Rivoli e terá entrada livre.


Note-se que a ação performativa contínua "Parthenon Marbles" e a performance "As Metamorfoses de Ovídio" são de entrada livre. As restantes sessões do Fórum do Futuro são de entrada gratuita mediante levantamento de bilhete, no dia e local de cada evento, até ao limite de dois por pessoa.

O Teatro Municipal do Porto Rivoli tem a bilheteira em funcionamento todos os dias, entre as 13 e as 22 horas; no Cinema Trindade, a bilheteira estará a funcionar entre as 14 e as 23,30 horas; e, na Casa da Música, entre as 9,30 e as 16 horas. 


O programa completo pode ser consultado em www.forumofthefuture.com.