Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Parque da Trindade é o primeiro com comunicação para daltónicos
18-09-2015

O Parque de Estacionamento da Trindade é o primeiro a receber codificação ColorADD, sistema que permite aos utilizadores daltónicos perceberem a comunicação por cores. A apresentação decorreu esta manhã, no próprio recinto, com a presença do autor do sistema de códigos e do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, que fez um balanço da política de mobilidade aplicada na cidade.


O projeto ColorADD, foi desenvolvido por Miguel Neiva, designer gráfico portuense e professor da Universidade do Minho, procura ajudar a minorar um problema que afeta cerca de 10% da população masculina mundial e está, pela primeira vez, aplicado à mobilidade automóvel na cidade do Porto, apresentado no culminar da Semana Europeia da Mobilidade.


A criação de um código de cores para daltónicos foi considerada uma inovação mundial, e constitui-se por símbolos gráficos monocromáticos, sustentada em conceitos universais de interpretação e desdobramento de cores, que permite aos daltónicos identificá-las corretamente. Transportes, hospitais, marcas de lápis, tintas, cerâmicas já utilizam o CollorADD e, até à data, nenhuma outra ferramenta tinha ajudado a diminuir os efeitos de um constrangimento pouco visível como o daltonismo. A comparação de que o Collor ADD está para os daltónicos como o braile está para os cegos, é, cada vez mais, recorrente.


A aplicação destes elementos de comunicação no parque de estacionamento municipal da Trindade faz parte de um conjunto de medidas que a Câmara do Porto tem vindo a tomar para melhorar a mobilidade dos portuenses.